Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

Ora vamos por partes para desmontar a apresentação aposteriorística do título deste post.

A mestria técnica e táctica do bluff que não só transforma, mas também transcende a grandeza de jogadores como Sálvio e Matic, parece-me uma manobra digna da década de 70 à la Cruyff. Funcionou com passividade e com a lassidez de Olhão amiga do seu amigo. Valeu o histerismo das rádios que exalta os meninos de vermelho quebra records e o ego de topo de um grande treinador (o da pastilha!). 

Valeu também a cotovelada de Sálvio que passou, impávida e serena despercebida até à Luz. Talvez com o receio da choradeira, Hugo Miguel não teve a coragem de expulsar o extremo argentino. Enfim...as benfiquices do costume.

Já o meu Porto, conseguiu dar uma prova de consistência. Um produto da luta do coletivo que foi capaz de ultrapassar um autocarro que partia daqui ao Bom Jesus. Não foi tarefa fácil, mas 70% porcento de posse traduziu-se no triunfo rumo ao objetivo final. A ver vamos como se comportará a passarada!

Lamento o facto de estarmos com 2 penalties de atraso e um por se marcar em Barcelos. Será que Duarte Gomes sabia que o Martinez não iria converter a penalidade a cinco minutos do fim?

Resta lutar com toda a humildade e fazer aquilo que nos compete...

Força, Porto!

2 comentários

De Daniel João Santos a 08.04.2013 às 22:26

bluff? pelo titulo presumi que estivesses a falar do Braga.

De helderrod a 08.04.2013 às 22:50

Refiro-me às mais que previsíveis ausências de Matic e Sálvio! Obviamente.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Eduardo Louro

    Também concordo, Joana.

  • Joana

    Concordo! No entanto, como benfiquista, posso afir...

  • Anónimo

    ManostaxxO creme facial personalizado de 5 mil eur...

  • Anónimo

    ManostaxxO creme facial personalizado de 5 mil eur...

  • Dedetê

    O Vieira armou-se em Corrup(in)to da Costa e quis ...