Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

MENU

Ao Meu Padrinho. Ao Meu Avô

joshua 21 Set 13

O meu padrinho, falecido há mais de vinte anos, e o meu avô materno, que soltou amarras em 2003, tiveram um papel absolutamente determinante na minha paixão pelo FC Porto. O primeiro porque, sendo analfabeto, era culto, sagaz, tinha boa memória e industriou-me acerca das penas e glórias do século XX e a matéria política agregada ao Porto e ao Norte, a sua paixão. Quando me cortava o cabelo, eu via os galhardetes, as imagens, os quadros do sublime FC Porto. Quanto ao meu avô, simplesmente ofereceu-me um equipamento completo, calções, camisola, meias, o que terá sido um dos melhores presentes e dias da minha vida: anos setenta, dia de Verão, meio ou fim da tarde, e o incentivo da minha mãe e dele para que fosse correr garbosamente a freguesia com aquele emblema ao peito. E fui.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Anónimo

    Do Apito Dourado toda gente se acha com legitimida...

  • Sérgio Ambrósio

    O livro do Francisco J. Marques é de culinária, te...

  • Sérgio Ambrósio

    Suposta existência de uma rede de influência do Be...

  • Anónimo

    Ao contrário do jogo contra o Braga o Vídeo- Arbit...

  • manuel costa

    Deixo aqui um alerta para os ovos contaminados no ...