Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

Quebrado o enguiço

Eduardo Louro 17 Ago 14

 

Benfica inicia defesa do título com triunfo

 

Aí está o campeonato. O campeonato do regresso do Boavista, agora certamente Boavistinho, que isto já não dá para Boavistões. E também o campeonato da Liga sem patrocínios, bem estampado na monocromia dos painéis expostos na zona das entrevistas rápidas. Preocupante, sem dúvida!

O Benfica contrariou a regra de não entrar a ganhar. Desta vez arrancou com uma vitória que, valendo os mesmos três pontos de qualquer outra, tem o seu quê de especial. Desde logo por quebrar um enguiço que quem assistiu ao início do jogo apostaria estar aí para durar…

Porque o Paços de Ferreira, marcado pelo regresso – com toda a dignidade, é de salientar – de Paulo Fonseca, entrou muito bem, superiorizando-se no meio campo e assegurando a partir daí o controlo do jogo, mas também porque desde logo se percebeu que Cosme Machado estava ali por encomenda. Bem se esforçou para que a tradição se mantivesse, começando por amarelar logo a abrir o Enzo Perez para, pouco depois, inventar um penalti contra o Benfica. Depois, e até ao fim, foi sempre igual a si próprio, ele que é um velho conhecido…

O Benfica não jogou especialmente bem, durante muito tempo faltou-lhe velocidade e dinâmica, com os jogadores muitas vezes sem profundidade. Mas passados os primeiros vinte minutos, em que o Paços foi claramente superior e em que Artur, apostado em vender caro o lugar, segurou o jogo quando defendeu o penalti, e alcançado o golo inaugural numa combinação de excelências – o excelente toque do excelente Gaitan para a excelente desmarcação, com o não menos excelente remate do excelente Maxi (o homem do jogo) –, o Benfica assegurou definitivamente o domínio do jogo.

Os problemas que o jogo pôs, para além dos postos pelo Paços, tiveram a ver com Enzo, que nunca se encontrou com o jogo, o que só por isso não é tão estranho como a sua saída, ainda na primeira parte, e que deverá querer dizer algo de muito parecido com adeus. E com Talisca, que sendo evidentemente jogador, não é um avançado... Por isso Jorge Jesus teve de andar às voltas com aquele meio campo, que só verdadeiramente estabilizou com André Almeida e Rúben Amorim. 

No fim de contas valeram os dois golos da ala direita, porque também o segundo, do Salvio, foi excelente. E valeu que Luisão voltou a mostrar por que é que não pode sair para lado nenhum! 

E parece que afinal, porque saiu quem saiu e virá a sair quem vier ainda a sair, Jara vai mesmo ficar no plantel. E hoje até jogou qualquer coisa... Se o Jesus vier a fazer dele jogador será certamente a cereja no topo do bolo. Não acredito, mas cá estarei para, com todo o gosto, dar a mão à palmatória.

3 comentários

De Pedro a 18.08.2014 às 11:46

Li o princípio do artigo por me ter chamado à atenção no SAPO e porque ontem não consegui ver o jogo. Infelizmente cheguei ao terceiro parágrafo e não consegui acabar de ler o artigo.

Incomoda-me profundamente essa falta de inteligência dos adeptos (de qualquer clube) que justificam tudo com os árbitros, e vão atrás da conversa de presidentes e comentadores sem pararem para pensar um bocadinho com a cabeça que têm acima dos ombros. É para isso que ela serve.
Certamente o nosso SLB seria um melhor clube se em vez de estarem sempre a desculpar-se com os árbitros partissem primeiro do princípio que o que corre menos bem é culpa nossa e como podemos melhorar através do nosso trabalho. Quantos golos falhados pelo Lima são culpa dos árbitros? Quantas argoladas da defesa são culpa do árbitro? Quantas más contratações são culpa do árbitro? E por aí fora...
É tão mais fácil desculparmo-nos com os outros. Sinceramente não sei quem são os árbitros e nem me interessa. Não posso acreditar que o Benfica ganha ou perde campeonatos por causa dos árbitros. Há tanta coisa que corre mal durante uma época que de certeza o árbitro é o que menos erra. Quando somos os melhores não são 10 erros dos árbitros que influenciam o campeonato.
Os adeptos deviam ver menos programas de televisão com comentadores de futebol claramente tendenciosos que não fazem mais que estupidificar o espectador.

De Eduardo Louro a 18.08.2014 às 12:29

Que leitura mais enviesada, meu caro... Também se pode sempre comentar sem antes ter lido, mas correm-se alguns riscos.

De Pedro a 18.08.2014 às 15:59

Acho que tudo está no ponto só está mal uma coisa o texto está muito grande e uma pessoa vendo um texto assim perde logo a vontade de ler se ainda fosse do Porto ou do Sporting ainda era uma coisa agora do Benfica todos têm de ler.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Anónimo

    Ao contrário do jogo contra o Braga o Vídeo- Arbit...

  • manuel costa

    Deixo aqui um alerta para os ovos contaminados no ...

  • Eduardo Louro

    Também concordo, Joana.

  • Joana

    Concordo! No entanto, como benfiquista, posso afir...

  • Anónimo

    ManostaxxO creme facial personalizado de 5 mil eur...