Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

MENU

 

"...o FC Porto perdeu o título de basquetebol. 

E bastou essa derrota e umas palavras menos agradáveis do treinador benfiquista para que o pavilhão Dragão Caixa se transformasse em cenário de guerra campal. 
Perante isto, o que fez Pinto da Costa? Pôs-se, como faz sempre, do lado da violência indignado por a polícia ter impedindo que os jogadores do Benfica fossem atacados pela multidão em fúria, dirigiu às forças da ordem a sua ira de mau perdedor. 
Compreendo que tenha saudades do guarda Abel e da conivência das forças de segurança com a sua falta de escrúpulos.
Compreendo que ameaças sobre jornalistas seja a ideia que tem do que deve ser a segurança pública. 
Entendo, por isso, a sua estupefação por a polícia ter defendido os jogadores em risco. 
Já aqui deixei várias vezes nota de qual é o meu problema com o FCP. 
Não é com o clube, o melhor, há alguns anos, no futebol nacional. 
Não é com a cidade, de que gosto muito. 
Não é seguramente qualquer simpatia pelo Benfica (que também já fez gracinhas destas). 
É o facto de este senhor, ao mesmo tempo que, com toda a legitimidade, levava o Porto para o topo do futebol nacional, ter transformado o ambiente no desporto profissional numa coisa irrespirável. 
O papel de Pinto da Costa no episódio de quarta-feira, que obrigou os novos campeões a receberem a taça no balneário, é apenas mais um triste exemplo da falta de classe deste dirigente."
 
Daniel Oliveira, Jornal Record, 25 de Maio de 2012

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Eduardo Louro

    Também concordo, Joana.

  • Joana

    Concordo! No entanto, como benfiquista, posso afir...

  • Anónimo

    ManostaxxO creme facial personalizado de 5 mil eur...

  • Anónimo

    ManostaxxO creme facial personalizado de 5 mil eur...

  • Dedetê

    O Vieira armou-se em Corrup(in)to da Costa e quis ...