Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

Como é sabido, as boas gentes sadinas gostam de carregar afincadamente nos "érres".
Como também é consensual dizer-se, Setúbal é terra de bom peixe: o choco frito e a
sarrrrdinha.
Com efeito, o FCP encontrou no desafio desta noite de Novembro uma faina difícil.
A pesca dos golos não foi tarefa fácil, porque o Setúbal (apesar de ser sarrrdinha pequena do campeonato) não se deixou morder no isco ofensivo do Porto.
Na verdade, na maioria das vezes neste campeonato é este o tipo de pesca exigido no dragão, designadamente redes defensivas muito apertadas e difíceis de desmontar. E perante isso, o dragão pescador deve arranjar formas mais apressadas de desembaraçar os nós do meio campo.
A rapidez e a agilidade podem ser a solução. O timoneiro Lopetegui lançou novas linhas na segunda parte e a sarrrrdinha pequena não resistiu ao golpe de cabeça de Aboubakar. E nessa fase de mar bravo acicatado pela equipa nos primeiros trinta minutos lá se pescou mais alguma coisa num excelente remate de Layun (o surpreendente navegador mexicano que mais parecia uma lancha rápida).
Enfim! No futebol, tal como na vida piscatória, há dias assim.
Mas a certeza é só uma: a qualidade pode e deve ser potenciada seja na pesca da sarrrdinha pequena, no bacalhau mais graúdo e mesmo com os tubarões do mar da Europa!

Venham de lá esses três pontinhos!
Força, Porto!

Hélder Rodrigues!

1 comentário

De apostar betclic a 16.11.2015 às 21:24

É nos jogos com "sardinhas pequena" que se ganham campeonatos... Venham mais jogos destes, com resultados idênticos!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Dedetê

    Caro imbecil,Tendo em consideração que o caro é co...

  • helderrod

    Caro DDT,Tem toda a razão quanto ao atentar + em.....

  • Dedetê

    Anónimo, eu também te posso pedir o que quiser. O ...

  • Dedetê

    Ó seu imbecil, o que está em questão é a regência ...

  • manuel costa

    ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...