Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

MENU

Assim, sim!

Eduardo Louro 12 Set 15

Imagem relacionada

 

Noite de gala na Catedral. Já tínhamos saudades...

Ia  a primeira parte a meio quando dei comigo a pensar que desta vez o Benfica tinha trocado as voltas ao jogo. Que tinha trazido para os primeiros vinte minutos os últimos vinte minutos dos jogos anteriores. 

Aos poucos percebi que não era assim, que alguma coisa tinha mudado e que o espectáculo era para continuar. Então recostei-me melhor e deixei-me ir, deliciado e muitas vezes extaseado pela magia de Gaitan e pela arte de Jonas que um espantoso concerto colectivo não conseguia ofuscar.  

Um concerto que consertou de vez - espera-se - a máquina de Rui Vitória. Agora não pode haver mais espaço para dúvidas. Sabe-se que não vai ser sempre assim, que hão-de vir dias em que nem tudo corre assim bem. Mas não se pode andar para trás, este tem que ser o ponto de partida, nunca o ponto de chegada. 

A equipa pode não atingir sempre este altíssimo patamar exibicional, mas fica obrigada a entregar-se ao jogo da mesma forma, a pressionar da mesma maneira, a atacar a bola e o adversário com o mesmo entusiasmo, a mesma convicção e a mesma energia. Porque só assim pode marcar golos e sabe-se, já se sabia, que o Benfica é outro logo que marca o primeiro.

A chave do futebol deste Benfica de Rui Vitória está no primeiro golo. Por isso não há segredos: é entrar para marcar cedo, em vez de entrar à espera do que o jogo possa dar. É isso que se espera daqui para frente. Não se pede mais que isso. 

É que assim é mais fácil repetir noites de gala como esta. De vez em quando, também não se pode exigir isto todos os dias...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • helderrod

    Caro DDT,Tem toda a razão quanto ao atentar + em.....

  • Dedetê

    Anónimo, eu também te posso pedir o que quiser. O ...

  • Dedetê

    Ó seu imbecil, o que está em questão é a regência ...

  • manuel costa

    ManostaxxSaiba onde estão os seus filhos, esposo/a...

  • helderrod

    Aconselho-o a libertar-se do arcaísmo bacoco. Sabe...