Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

Autogalo

helderrod 9 Dez 15

E assim terminou mais um desiderato! Os oitavos de final da Champions tornaram-se uma miragem para o FC Porto.

Num país onde os azuis e brancos nunca venceram, ainda não foi desta! Tudo correu mal, mesmo antes do jogo começar. A lesão de André André (pergunto agora onde estão os críticos que advogavam que um jovem pode jogar sempre); o regresso de Courtois que oferece outra segurança à defensiva dos Blues; a clara falta de confiança de Aboubakar que terá condicionado a sua presença no onze e, durante o jogo, o infortúnio de Marcano que vê a bola ressaltar no seu corpo para um autogolo injusto. Para ajudar à festa, o Dinamo marca um golo quase sem querer também minutos depois. 

Quanto ao resto, a substituição de Maxi parece-me justificável pelo seu amarelo e pela rapidez dos flanqueadores, mas nada disso interessa neste momento infeliz!

Como sei que quase ninguém vai falar disso, digo-o eu! O FCP teria direito a ter somado mais dois pontos em Kiev nesta Champions e estaríamos por mérito próprio. Virámos lá o resultado de 1-0 para 1-2, mas depois um golo fantasma subtraiu aquilo que o FCP tinha conquistado! 

Apelo que todos vejam o minuto 64' deste jogo. Ninguém o repetiu.

Agora há que virar os focos para a Liga Europa, porque poderemos ter uma palavra a dizer! Veremos!

 

Para finalizar, deixo dois parágrafos para os jornalistas, os críticos, os bota-abaixo, os treinadores obsoletos e entre quase todos os líricos que continuam a espezinhar o nosso treinador poderem dar asas à sua imaginação!

Para que conste, é neste momento que sou ainda mais portista! Que me dá mais ganas para querer o melhor para um clube que já me deu tantas alegrias em vida, a cores e em plena consciência das minhas faculdades mentais!

 

Força, Porto!

Hélder Rodrigues

1 comentário

De Anónimo a 11.12.2015 às 20:04

O Lopetegui é o António Variações do futebol, está muito à frente do tempo e como tal é incompreendido! Os jogos devem ser estudados e preparados sim, mas como tudo na vida também temos que ser pragmáticos Depois da "chapada" em casa com Dínamo kiev , o Porto não tinha nada a perder contra o Chelsea , aliás só tinha a ganhar. Deveria entrar em campo para desfrutar o momento disputar a merda do jogo de maneira prazerosa e competitiva, jogando o jogo pelo jogo com pressão alta com atitude como se não houvesse amanhã, sem medo de errar sem medo de falhar. Com um bocadinho de sorte até podíamos sair de lá com um empate ou quiçá com uma vitória, mas acima de tudo o mais importante, saímos de cabeça erguida. Mas não, o rei dos cagoes , o LOPETEGUI , deve ter passado a madrugada a estudar a puta da táctica (já contra o Bayern fez a mesma merda ), táctica essa que nunca deve sido posta em prática ainda por cima usada por mais um meio campo inédito (para quem ainda não reparou de jogo para jogo o meio campo nunca é mesmo). O ser humano é ser de hábitos e se os quer aperfeiçoar, tem que os repetir até à exaustão só assim se criam rotinas ao ponto de jogarem de olhos fechados, isto é básico caralho . O Porto continua exactamente igual ou pior aquando o primeiro jogo desta época para o campeonato em Agosto, ou seja não evoluiu nadinha. Mais importante do que ganhar é dar o máximo e a cair que seja de pé, porque triste e desolador é quando não executamos nem uma coisa nem outra, ou seja nem ganhamos nem competimos apenas fazemos corpo presente.
Cumprimentos portistas, Rui Nunes

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Anónimo

    Ao contrário do jogo contra o Braga o Vídeo- Arbit...

  • manuel costa

    Deixo aqui um alerta para os ovos contaminados no ...

  • Eduardo Louro

    Também concordo, Joana.

  • Joana

    Concordo! No entanto, como benfiquista, posso afir...

  • Anónimo

    ManostaxxO creme facial personalizado de 5 mil eur...