Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

MENU

Consumada que está a saída de Julen Lopetegui, há que virar página e crer na mudança. Se, para uns "quem muda Deus ajuda"; para outros que perdem ao intervalo muda o Jorge ajudando o Jesus. Tudo espiritual, portanto. Na verdade, o FC Porto que se apresentou no tumultuoso Estádio do Bessa esteve mais pragmático do que o costume. Não foi um golpe de Midas do grande Rui Barros, mas um ajustamento que Luís Freitas Lobo soube ler de forma superior na transmissão do jogo, designadamente no facto de não se obrigar, nem André, nem Herrera a ter que vir construir jogo atrás. Este facto, permitiu que Danilo fizesse lembrar um pouco o Fernando que varria tudo (na boa acepção da palavra) à frente da defesa. Este pormenor permitiu ao FC Porto chegar à área com muito mais jogadores do que o costume. Chapeaux para Barros que soube montar com perícia o seu xadrez na noite chuvosa de Janeiro. Mas o futebol é isto. Enquanto no Dragão não se marcam penalties favoráveis ao visitado, já em Guimarães se favorece o visitante e em Alvalade se inventam coisas. Hoje não houve Tonel para resolver. A coisa estava complicada e, com a ajuda do video-árbitro que Bruno de Carvalho tanto apregoa com o seu amiguito Rui Santos, foi possível vislumbrar uma mão além do aquém. E assim se fazem os campeões (relatavam na Antena 1). Sinto-me tentado a concordar. A roubar assim se fazem os campeões da primeira volta. Estou a registar tudo desde o Arouca-Sporting! Por essas e por outras é que alguns saem do Porto sem quaisquer títulos, quando durante uma ano e meio são apenas claramente favorecidos num célebre e repetido até à exaustão penalty da Choupana... Por falar nisso. Já temos jogo na Madeira? Aqui jaz mais um caso a rever no turbulento campeonato nacional! Talvez um coberto não seria má ideia! Que dizes, Machado? Força, Porto! Hélder Rodrigues

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • jac

    "este foi um campeonato ferido na verdade" - os do...

  • Renascença...

    Quem diz que a Rádio Renascença é uma rádio públic...

  • Eduardo Louro

    Triste e anónima forma de expressar o mau perder. ...

  • M.C

    Um adepto de um clube por onde passaram jogadores ...

  • Anónimo

    Um clube que tem um jogador (Pizzi) em risco do 5º...