Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

MENU

Permitam-me o desabafo. 

Durante a transmissão, vi um jovem que exibia cinco unhas de cor púrpura e pensei. É isto! Uns plasmam uns lenços brancos para dizer alguma coisa. Outros pintam as unhas para dizer que este Bento não tem unhas para a selecção. Não sou nada homofóbico, mas tornei-me seleccionofóbico! A repulsa por esta gente aumenta de cada vez que vejo a equipa nacional a jogar.

O consenso holístico advém desta guerrinha com o Porto. Isto vai deixando os restantes milhões mais serenos. Porém, já nem isso funciona. 

Por vezes, meus caros leitores, a vergonha não marca golos, mas eleva a dignidade dos homens. E está na hora! A disciplina tão propalada não é suficiente e hoje uma trivelada pincelada com irreverência podia ser o garante do triunfo! A lassidez deste grupo parece-me ser o fruto da ginja, dos banhinhos turcos dos rapazes de Madrid, que nem sempre treinam mas têm a sua titularidade garantida. Provavelmente, a humidade de Óbidos terá pesado na moleza dos ovos podres em Aveiro.

Esta vergonha está inextrincavelmente relacionada com a incompetência. É preciso pôr os melhores no presente. É urgente esta gente perceber que, tal como tantos outros craques como Ibrahimovic, George Best, Mijatovic, Maradona é preciso perceber que as suas vicissitudes não devem colidir com o objectivo comum. O objectivo deste jogo chama-se golo! 

É preciso mudar já! É preciso mudar de gente! Porque não sou menos patriota do que qualquer outro tuga ao considerar que esta selecção envergonha-me solenemente.

Já limparam a porcaria Queirosiana?

 

 

 

 

Hélder Rodrigues

 

 

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Benfica, Sempre

    Espero que isto seja esclarecido.Não entendo como ...

  • Fair Play

    Não sei quem é quer desviar atenções... se o Benfi...

  • helderrod

    Meu caro, bem sabe que escrevo aqui há vários anos...

  • Dylan

    Porra, escarrapachar uma foto com um lance ilegal ...

  • Bruno Marques

    De facto estas papoilas como não têm argumentos li...