Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

O jornalista sem medo

Dylan 21 Dez 17

Marinho-Neves.jpg

Muita gente nem se apercebeu da morte do jornalista desportivo Marinho Neves, mas outros jamais esquecerão o seu contributo para denunciar os batoteiros do futebol dos anos 80 e 90. Nem foi preciso roubar emails, bastou fazer jornalismo de investigação, colaborar com as autoridades e escrever um livro chamado "Golpe de Estádio", onde prometeu "dizer a verdade através da comédia", profetizando aquilo a que mais tarde veio a ser denominado de Apito Dourado, o maior escândalo do futebol português. Denunciou o verdadeiro e único "polvo", por isso foi perseguido profissionalmente, intimidado e ameaçado a norte do país. Sem medo, Marinho Neves nunca foi um moço de recados, pois quando o insistiam em calar, berrava ainda mais alto!

3 comentários

De Anónimo a 03.01.2018 às 15:19

É pena também que hoje não haja mais "Marinho Neves". Ao ponto de ter que ser um badameco assalariado do Fc Porto a botar cá pra fora factos não audíveis mas escritos. As acusações que o Fc. Porto faz são muitos graves e o que se houve é um silencio ensurdecedor, um "nim", um assobiar pró lado, ou a táctica do contra ataque do tipo "isto é uma cabala, os rivais querem impedir o penta, eles é que são conhecido pelo apito dourado blá, blá, blá. Enquanto isso, não confirmam nem desconfirmam, desviam atenções! O acusado tem 6 milhões de adeptos e isso conta muito (é o que realmente conta e contou sempre no desenvolvimento da civilização e da sociedade humana). Tal como o Fc Porto, o Benfica vai se safar no plano técnico-jurídico, mas a mim já não me enganam. Continuações.

De Dylan a 04.01.2018 às 13:14

O Benfica vai defender a sua inocência nos sítios próprios para esse efeito, mesmo que pessoas como o senhor já tenham feito o seu julgamento sumário, tal como aquilo que o "badameco assalariado" pretende.

De Anónimo a 05.01.2018 às 10:00

O Benfica vai defender a sua inocência nos sítios próprios para esse efeito onde já está tudo há muito tempo controlado. Como o episódio do juiz que impossibilitou as buscas ao estádio da luz e depois da casa arrumada foi possibilitada as mesmas buscas. Irónico foi ainda o advogado do Benfica vir a publico dizer que estas buscas perdem por ser tardias. Não se esqueçam que escola do Luís Filipe Vieira é a do Pinto da Costa.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Dylan

    Sim, muita gente dizia o mesmo de Vale e Azevedo!

  • aespumadosdias

    Grande presidente. Grande Vitória na Assembleia de...

  • Anónimo

    O Benfica vai defender a sua inocência nos sítios ...

  • Dylan

    O Benfica vai defender a sua inocência nos sítios ...

  • Anónimo

    É pena também que hoje não haja mais "Marinho Neve...