Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

O Triunfo do futebol negativo

helderrod 15 Dez 14

No clássico de hoje, podemos afirmar que nem sempre ganham os melhores. Hoje vi pela primeira vez um autocarro em pleno Dia de Clássico e não foi o autocarro de que tanto se queixaram na semana passada. Hoje vi uma equipa vestida de vermelho que me fez lembrar o Salgueiral. Assim jogava sempre o Salgueiros nas Antas: fechadinhos, durinhos e cínicos a queimar tempo. A verdade é que hoje o jogo foi este. Uma equipa a tentar construir (nem sempre bem) e outra a destruir (o que por norma é mais fácil). É fácil branquear-se alguns aspectos dos jogos. Mas eu recordo nas presentes palavras que Maxi passa impune no capítulo disciplinar: joga com a mão, empurra, dá pancada e faz até arremessos manuais de legalidade muito discutível. Porém, tudo normal! Aliás, até o Oliveira entrou no folclore da troika de ataque ou mesmo quadrilha, considerando as intervenções irónicas de Hugo Gilberto. O senhor Oliveira pensa que nós portistas (que lhe reconhecemos muito mérito) já nos esquecemos dos seus devaneios tácticos de teimosia. O que deveria Lopetegui fazer? Pôr o João Manuel Pinto a avançado para conseguirmos empatar com o Setúbal nas Antas? Quanto é que lhe pagam para ser o bombo da festa? Lamentável....Esqueceram-se todos da forma como o Benfica perdeu os dois últimos campeonatos e criticam a ideia que Lopetegui procurou transmitir sobre a possibilidade de virmos a ser campeões? Dizer que já hipotecamos o campeonato é grave. Bem mais grave do que a atitude benfiquista na Madeira que já se considerava detentora do título.

Na retórica futebolística, podemos muito bem advogar o facto de que hoje ganhou uma equipa que fez três remates à baliza. Ganhou o cinismo e o Jesus (o mais recente admirador do catenaccio) parece estar já a testar o futebol italiano. Hoje o futebol negativo, o antijogo e o cinismo venceram. Mas hoje não interessa falar disso. Hoje importa abafar o desaparecimento encarnado das competições europeias.

Contudo, quem joga assim no Dragão ganha uma vez em dez possíveis. Parabéns à treta e ao senhor árbitro que permitiu a presença de Júlio César na baliza deste jogo por poupá-lo de um segundo amarelo, após um atraso deliberado que ia dando golo não fosse a boa defesa do inocentado transgressor.

É claro que ainda acredito! Basta sermos mais assertivos e pragmáticos em alguns momentos do jogo, até porque nem sempre vamos apanhar equipas tão defensivas como a de hoje.

Hoje deu-se um triunfo. O triunfo do futebol negativo.

 

Força, FC Porto!!!!!!

Hélder Rodrigues 

P.S. Na vitória anterior do SLB no Dragão, o resultado e o furor foram idênticos. O resto vocês já sabem. Liguem a rega e apaguem as luzes!

1 comentário

De JL a 15.12.2014 às 11:57

Tanta azia que para aqui vai.

é o resultado de muita fruta ao longo de 30 anos mas tome suminho de lima que isso passa.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • jac

    "este foi um campeonato ferido na verdade" - os do...

  • Renascença...

    Quem diz que a Rádio Renascença é uma rádio públic...

  • Eduardo Louro

    Triste e anónima forma de expressar o mau perder. ...

  • M.C

    Um adepto de um clube por onde passaram jogadores ...

  • Anónimo

    Um clube que tem um jogador (Pizzi) em risco do 5º...