Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

Quebrando com aquilo que nos aguarda até ao próximo jogo, no que a Lopetegui diz respeito, porque deveria ter jogado assim e assado, cozido ou grelhado, e uma vez que o treinador basco tem as costas largas falar-vos-ei de outras coisas.

Concretizando a velha máxima do quem não marca sofre o FC Porto de hoje teve imensas oportunidades para matar o jogo, mas a ineficácia de uns é a eficácia de outros cónegos. Na verdade, em três ocasiões o Moreirense conclui duas e arranca um empate com um insonso sabor a injustiça.

No seu duocentésimo jogo pelo FCP, Varela não foi feliz ao retirar a bola na zona defensiva colocando-a nos pés do jogador que arranca um grande cruzamento para o golo. Circunstâncias.

Nós os portistas estamos mal habituados, mas temos que nos convencer que as equipas menos apetrechadas têm actualmente mais argumentos que há dez ou quinze anos atrás e não é possível ganhar os jogos todos! Hoje Lopetegui colocou toda a carne e talvez por isso criou desequilíbrios defensivos, mas arriscou tudo! Não deu, porque a bola de Osvaldo parecia a de Tóquio a correr devagarinho na neve. 

Importa destacar o líbero André André que voltou a encher o campo e a qualidade de Corona no centro do terreno. É nas dificuldades que nasce a luz e essa será imprescindível na terça com o Chelsea. Como diria o seu treinador "alguém vai ter que pagar...". Pois que paguem os Blues!

 

Força, Porto!!!!!

Hélder Rodrigues

 

1 comentário

De Anónimo a 28.09.2015 às 09:04

Tal como em Kiev, foi um empate 2-2 e esperava que o autor falasse do plano "L", que para mim continua a ser plano "B" de burro que o Sr. Lopetegui montou. Nem no primeiro terço do campeonato vamos, a equipa ainda não ganhou rotinas e o Lopetegui não se cansa de fazer rotatividade como se os jogadores tivessem dezenas e dezenas de jogo nas pernas. O meio campo apresentado foi novamente diferente do anterior jogo (tem sido sempre assim e logo o meio campo), assim não dá, as decisões do Sr. Lopetegui são contra natura. Eu treinador de bancada assumido pergunto, não seria mais sensato colocar o melhor 11 ao mesmo tempo o mais rotinado e depois ao longo do jogo fazer a tal gestão de esforço? Para quem estuda os adversários deve ter dificuldade em estudar o Porto, nunca se sabe quem vai jogar e quando se sabe, não se sabe a posição ao certo onde irá jogar. Somos uma equipa imprevisível no pior sentido da palavra.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Anónimo

    Ao contrário do jogo contra o Braga o Vídeo- Arbit...

  • manuel costa

    Deixo aqui um alerta para os ovos contaminados no ...

  • Eduardo Louro

    Também concordo, Joana.

  • Joana

    Concordo! No entanto, como benfiquista, posso afir...

  • Anónimo

    ManostaxxO creme facial personalizado de 5 mil eur...