Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

MENU

Quero iniciar este post por agradecer aos gestores deste blogue por permitirem que eu possa expor livremente a minha opinião. É que, apesar de ser o único portista aqui no Dia de Clássico, nunca fui impedido de plasmar o que quer que seja. Fico grato por isso. Mesmo muito. 

Ao contrário de outras plataformas, designadamente no Facebook do Tempo Extra, nunca obstacularizaram a minha liberdade de expressão. Bem-hajam!

Tenho pleno consciência de que nem sempre sou agradável para as hostes benfiquistas, mas esta é a minha postura. Procuro sempre ser sincero. 

Na crónica de hoje, voltarei a sê-lo sem hipocrisia. 

Por muito que custo aos benfiquistas, ainda não fizeram História. Poderão ter escrito uma história nova no clube pelos quatro campeonatos consecutivos, mas ainda estão muito longe.

Parem de enganar as pessoas. Farão História se conseguirem conquistar seis títulos consecutivos no campeonato nacional. Isso é História. 

Ao contrário do meu treinador, recuso-me liminarmente a dar os parabéns ao Benfica. A razão é simples. Tal como hoje tive oportunidade de dizer numa entrevista na Sic Notícias em directo, jamais poderei aceitar um teste a um aluno que tenha copiado e feito batota de forma inequívoca. Estaria a ser injusto para com os restantes que trabalharam e procuraram ser honestos. 

Gostava de poder dizer o contrário, mas ainda não foi desta que o clube da Luz pôde ganhar um campeonato impoluto nos últimos anos. Este está ferido de morte, da verdade e da rectidão. Por muitas voltas que queiram dar, não se livram da impunidade técnica e disciplinar que favoreceram claramente o Benfica.

Ironicamente, hoje no Dragão já houve spray e dois penalties assinalados no mesmo jogo. Os mais de 24 mil adeptos que estiveram presentes no Dragão puderam perceber que, mesmo não se jogando bem, quando se marcam penalties é possível ganhar.

Ninguém se pode livrar da histórica impunidade de castigos (um por acumulação de 5 amarelos) ao contrário dos oito castigos para o FCP e nove para o Sporting nas mesmas circunstâncias.

Não se podem livrar do manuseamento das imagens nas transmissões em TV própria.

Não se podem livrar da impunidade perante agressões de conduta antidesportiva em pleno relvado.

Não adianta. Basta estarmos minimamente atentos para perceber que apesar da força nas canetas dos jogadores do Benfica, não se eximiram de plantar tretas!

Lamento o facto da nossa parte não ter sido mais competente e pouco mais poderei adiantar.

Basta ver a forma como a vergonha se apudera daqueles que não são capazes de permanecer em campo num final de jogo que encerra a temporada em jogos no Dragão. 

O mundo é composto de mudança.

Assumam-se novas vontades.

Lembrando o grande Salvador Sobral apetece-me dizer que não é preciso fogo de artíficio para se pôr uma equipa a jogar futebol!

O Futebol Clube do Porto tem nas suas raizes muita gente capaz de repor o azul e branco no rumo que o mesmo merece: o caminho das vitórias mesmo em mares agitados!

 

 

Força, Porto!

Hélder Rodrigues

esteves.jpg

 

5 comentários

De Dedetê a 15.05.2017 às 00:24

No tempo da fruta é que não havia tretas.

Bardamerda para quem não sabe perder.

De Anónimo a 15.05.2017 às 09:35

Não precisas de dar, aziado!!!
Não vejas TV hj às 18h em diante que ficas pior!
LOLOLOOLOL!!!

De Fez-se história.... a 15.05.2017 às 11:46

... porque sempre que o SLB esteve perto do tetra, por uma ou outra razão não foi possível, sendo que por algumas vezes foi o verdadeiro clube com dirigentes salazaristas que nos bastidores o não permitiu. Lembre-se do árbitro compadre do Pedroto, numa dessas vezes!
Não se preocupe em dar os parabéns... eu também nunca os dei, nos tempos do apito dourado. Compreendo que não entenda como se ganha sem ajudas, com erros normais no futebol. Compreendo não entenda, que não chegue ameaçar os árbitros, nos centros de treino, nos blogs, etc, para que eles impeçam o Benfica de ganhar.
Compreendo, porque durante 30 anos foi assim que funcionou e nos últimos 4, isso não chegou, porque com jogadores fantásticos e unidos, tinha que ser mais... tipo o que aconteceu com o Boavista e Stubal, na Luz... mas de facto os árbitros não tem hoje coragem para fazer isso sempre e o FCP não aproveitou quando o fizeram...
É que não chega os outros serem prejudicados... é necessário o FCP jogar alguma coisinha...

De m. a 15.05.2017 às 18:47

Ninguém chega ao penta sem passar pelo tetra. Parabéns ao meu Benfica que jogou relativamente bem (e isso posso afirmar nos jogos que fui ver, sem manuseamento de nada). Há dias melhores e dias piores. O FCP teve oportunidades que não aproveitou, oportunidades perdidas por culpa própria. Para o ano há mais, "começa de novo" e haverão novas oportunidades para todos.
#colinho #aculpaédobenfica

De Anónimo a 15.05.2017 às 21:37

Um clube que tem um jogador (Pizzi) em risco do 5º. amarelo à 10º. jornada, joga os jogos todos (23 jogos), fez algumas faltas merecedoras para cartão e consegue acabar o campeonato sem ver o 5º. amarelo. Um clube que tem um jogador (Samaris) agride colegas de profissão (Alex Telles e Diego Ivo) em 2 jogos consecutivos sem ser expulso. Um clube que chega à final da Taça de Portugal à custa de 1 golo em Fora-de-Jogo. Um clube que chega à altura das decisões e tem na tribuna o António Costa (Primeiro Ministro de Portugal) mais o Mário Centeno (Ministro das Finanças de Portugal) do qual só faltava o António Mexias presidente da EDP aquele declara com a maior naturalidade do mundo na Rádio Renascença (Rádio Pública paga com os nossos impostos) que é bom para o pib português o benfica ser campeão. Um clube que domina a opinião publica enviando cartilhas para os comentadores de televisão benfiquistas terem opiniões concertadas. Um clube (caso único no mundo) que se dá ao luxo de ter um canal televisivo do qual filma os seus próprios jogos em casa e em entortar as linhas de Fora-de-Jogo a seu belo prazer e conveniência. Um Clube que diz pela frente não apoiar as claques, por trás as mesmas arranjam as regalias que qualquer claque do mundo tem (bilhetes baratos, excursões e apoio logístico) ou seja a posição do benfica nem é carne nem é peixe (é parecer bem perante a opinião publica). Um clube que abafa os casos de justiça (assunto da porta 18) com uma eficiência tremenda. Tenho que admitir, o Benfica é muita forte, o benfica é de outro campeonato e curioso, o único momento frágil do benfica foi quando andavam em "guerra civil" (crises directivas). ISTO MEUS AMIGOS É PORTUGAL!!!!!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Helder Rockdrigues

    A Taça substitui o embuste... Mas a carapuça assen...

  • Dedetê

    Claro que é a mais suja dos últimos 40 anos!Tem ve...

  • Dedetê

    Que imbecil me saíste!Tu, filho do putedo e dos co...

  • Benfica, Sempre

    Espero que isto seja esclarecido.Não entendo como ...

  • Fair Play

    Não sei quem é quer desviar atenções... se o Benfi...