Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

11
Mai13

É hoje... É Dia de Clássico!

Eduardo Louro

É hoje… é hoje…É hoje, Dia de Clássico!

Deseja-se que seja um grande Dia. E um grande Clássico, porque este é um clássico especial, único. O Clássico que decide o campeão: depois de hoje ficarão a faltar 90 minutos para descer o pano sobre o campeonato. Que, com tudo decidido ou com quase tudo decidido, serão 90 minutos que apenas confirmarão o que hoje daqui sair!

Claro, pela minha parte, desejo e acredito que tudo fique hoje resolvido. E só há uma forma de isso acontecer… Tudo o que não seja a vitória do Benfica deixa a porta aberta para a última jornada, mesmo que nada feche do que o jogo de hoje abra.

Quis o destino – e o Estoril - que assim fosse. É um privilégio para o Estádio do Dragão - e para a cidade do Porto – receber este Clássico, este grande jogo entre estas duas grandes equipas, que tudo vai decidir. Esperemos que, dentro e fora do estádio, nada traia esse privilégio… E que, no fim, honra não falte a vencidos e vencedores!

Como já aqui escrevi, o Porto tem tudo a seu favor. Tem o árbitro que sempre desejou e há muito escolheu. Não sei se irá ou não ter influência decisiva no resultado, mas lá que tem - e muita – influência na motivação da equipa da casa, tem. O Vítor Pereira – que, como alguém que bem conhecemos, nunca se engana, nem já tem dúvidas e, para além disso, não permite que ninguém o avalie, só ele se pode avaliar a si próprio - tem a certeza de como o Benfica vai jogar. É certamente mais uma vantagem…

O Benfica não é apenas mais humilde. É melhor, e vai prová-lo!

10
Mai13

Eu também acredito

Eduardo Louro

Eu também acredito, Daniel. Acredito que o Jorge Jesus vai conseguir fazer dos 18 jogadores convocados 18 mulheres sérias (mulher séria não tem ouvidos, não é?). Acredito as últimas 24 horas de trabalho no Benfica tenham sido exclusivamente dedicadas a preparar os jogadores para enfrentar o Pedro Proença. A tapar-lhe os ouvidos, mas também a boca e a obrigá-los, a cada um, a escrever num quadro, cem vezes: “Pedro Proença é o melhor árbitro do mundo”. Quem, no fim de o escrever 100 vezes, ainda manifestar alguma dúvida volta a escrevê-lo mais 500!

Acredito ainda que o tema da palestra que antecede o jogo, voltará a ser Pedro Proença. Desta vez para convencer os jogadores que podem jogar para o fora de jogo, porque o Pedro não deixará nenhum por marcar. Que podem meter o pé à bola sem medo, porque o Pedro não irá em fitas e penalizará com amarelo o jogador do Porto que se mandar para o chão, dentro ou à entrada da área. Seja Varela, James, Lucho ou João Moutinho… Que podem dirigir-se à vontade ao Pedro, desde que seja para lhe pedir um autógrafo. E que não se aproximem do Pedro quando o virem a passar a mão pelo pêlo do Lucho. São coisas antigas, não liguem!

10
Mai13

Mais vale sê-lo do que parecê-lo!

helderrod

Assistimos já ao hediondo desespero benfiquista ante a nomeação de Pedro Proença. Com efeito, como portista que sou penso que a sua nomeação poderia ter sido evitada considerando o fervor do contexto.

Todavia, pensem lá comigo! O árbitro em questão parece-me mais competente do que Capela, Duarte Gomes, Paulo Baptista entre tantos outros. Parece! Mas mais vale sê-lo do que parecê-lo!

Esta ciclotímia dos capelinhos que se queixam aprioristicamente dos senhores do apito evidencia a incompetência de uns e a insegurança de outros...

 

Assim, encerro este post declarando o início do meu estágio até à hora do jogo. Irei talvez rever a conferência do Gabriel e tentar perceber o castigo de David Simão, encerrando com a revisão a cores dos 5-0 do Dragão.

 

Força, Porto!!!!

 

 

P.S. Avisem o Cardozo que o jogo de vólei é com o Espinho!

10
Mai13

Ó Pra Mim Caladinho

joshua

Não. Não me arrancarão palavra. Não direi absolutamente nada a respeito do jogo do título 2012-2013. Ficarei caladinho, sem glória antecipada nem provocações à vermelhada de lampiões, por cujos furicos hoje não passa nem um feijão frade. Caladinho me quedarei. Caladinho, indiferente a que esteja em causa não quem poderá ganhar, mas quem poderá ter perdido o que enclavinhava seguro na mão, apertadinho, apertadinho, com local de festa prematuramente reservado e tudo.

10
Mai13

Eu acredito!

Daniel João Santos

Não tendo nada contra Pedro Proença enquanto pessoa, já como árbitro é outra historia, parece-me lamentável que tenha sido nomeado para o clássico de amanhã. O que espero para o encontro de amanhã no Dragão é bom jogo, uma boa arbitragem e uma boa vitoria do Benfica.

09
Mai13

Sábado, 11 de Maio - A Missão #2

Fernando Moreira de Sá
O 5LB parte duplamente na frente. Por ter mais dois pontos e ter um árbitro que além de adepto do clube da freguesia da Luz, vai querer emendar a mão e beneficiar os seus. Por isso, repito, isto não está para rodriguinhos nem falinhas mansas. Vamos ter de ser mais fortes, mais ambiciosos e ter mais amor à camisola. Só assim se poderá afirmar: Somos Porto.

FCPorto - Até os comemos from SpinFilmesPortugal on Vimeo.

09
Mai13

Euforia justificada

Eduardo Louro

 

A euforia que na semana passada tomou conta da imensa massa benfiquista está agora instalada no universo portista. Prematura num caso, não deixa de o ser no outro, se bem que talvez mais justificada neste último!

Tudo se irá decidir num só jogo, entre ambos, no Dragão. Numa altura de clara simetria no desempenho de ambas as equipas - à curva descendente do Benfica, justificável, se bem que não de todo aceitável, pelo comportamento competitivo desta época, especialmente na Europa,  corresponde uma curva ascendente do Porto, compreensível face à dedicação exclusiva ao campeonato nos últimos três meses. Numa altura em que o Porto recupera todos os seus jogadores e, mais que isso, resgata a forma - desaparecida durante meses – de alguns dos seus melhores jogadores, como James, Varela e Lucho...

Depois há a vantagem psicológica de quem, vindo de trás, se chega à frente. E a História. Que diz que o Porto ganha mais vezes, que não falha ocasiões decisivas. Diz-se que a História não joga: é verdade que não. Mas mete lá dentro os seus fantasmas!

O Porto tem por isso todas as razões para estar neste momento mais forte que o Benfica. Mais forte fisicamente, porque tem estado sujeito a muito menos desgaste. E obviamente mais forte no plano mental.

Domínio onde a estrutura do Porto é indiscutivelmente especialista. Não posso deixar de salientar que, desde segunda-feira à noite, ainda de lá se não ouviu uma palavra. Nem de treinador, nem de jogadores, nem de dirigentes. Do lado Benfica toda agente fala. Por isto e por aquilo, por tudo e por nada, disto e daquilo… e do jogo!

Não sei se havia alguma obrigação de falar a propósito da final da Liga Europa. Admito que sim. Já tenho dificuldade em admitir que Jorge Jesus, se tinha essa obrigação, não tenha percebido que ela se estendia apenas ao jogo da final, e que nada tinha de falar para além disso. Mas não consigo admitir é que tenham andado a falar praticamente todos os jogadores, de tudo e de nada. E do jogo de sábado!

Os diferentes jornais das televisões têm sido elucidativos: de um lado, do do Benfica, as câmaras estão no Seixal e ouvem treinador e jogadores. Muitos jogadores. Do outro, as câmaras estão à volta do Dragão, viradas para as bilheteiras e ouvem … adeptos!

Uns estão a fazer o que não devem. Outros - não se sabendo nada do que estão a fazer – estarão pelo menos isso a fazer bem.

Mas estão certamente a fazer mais que isso. E a prova é que se espalhou que nem um vírus a notícia da nomeação de Pedro Proença. Ninguém acreditaria que isso pudesse ser possível, depois do seu historial nas decisões destes jogos. A sua nomeação para o mais decisivo de todos, ultrapassaria todos os limites da afronta. Só que, horas depois, o absurdo virava realidade: estava confirmado - Pedro Proença é o árbitro do jogo do título!

Há muito que isto estava escrito nas estrelas. Chegando o Benfica a este jogo com o campeonato em aberto cumprir-se-ia a sagrada vontade do Papa. Não acredito numa arbitragem isenta e séria – até porque Pedro Proença é como o escorpião da conhecida fábula, está-lhe na massa do sangue – mas, mesmo que por qualquer razão insondável, não venha a ter contribuição directa no resultado, já o está a influenciar. E de que maneira!

Não será nada difícil perceber o acréscimo de motivação que a escolha do árbitro trará ao Porto. Nem o condicionamento que está criar no Benfica. Está finalmente justificada - é a cereja no topo do bolo - a euforia portista!

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D