Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

14
Set13

Um jogo de regressos

Eduardo Louro

 

Benfica da eficácia deixa Paços sem pontos

 

Regressou o campeonato, e com ele regressou o Benfica à Luz para, desta vez, defrontar o Paços de Ferreira, também de regresso … ao boné. Aquele boné que mesmo sem publicidade já dera sinal de vida no último jogo, em Felgueiras. Agora regressou completo, já com publicidade!

Já que o boné foi enfiado e me levou ao último jogo do Paços, tenho de começar por dizer que o Paços dividiu o jogo, como se diz em futebolês. E que o Gregory foi rijo como compete a um central, a confirmar a excelente capacidade física que já denotara justamente nesse jogo, quando resistiu facilmente ao empurrão do Jackson, firme e hirto, sem cair. O avançado do Porto, depois do empurrão, ficou livre para cabecear para o golo que valeu os três pontos, mas a verdade é que não conseguiu derrubar o defesa pacense. Que, orgulhoso da sua resistência, nem sequer reclamou do empurrão!

O Benfica não defrontava apenas uma equipa que ainda não tinha conquistado qualquer ponto. O Paços não tinha ainda sequer marcado um golo, o que trazia logo mais um aliciante para a partida, porque o Benfica ainda não conseguira passar um jogo sem que a bola lhe beijasse as redes. Um dos dois teria que interromper a série, negativa, evidentemente.

Foi o Benfica, claro… e perceberam-se bem os efeitos da doença que por ali tem andado. Meia dúzia de jogadas de verdadeira classe, entre elas as dos três golos, já deram para fazer a festa. Magnífica a do primeiro, logo na madrugada do jogo, que bem ajudou. Notável o canto do terceiro, a responder de imediato ao golo do Paços – um buraco enorme e inadmissível no centro da defesa - que reabria o jogo,  e digna de um compêndio a do segundo, a merecerem festa em dobrado: pela beleza e pelo brilho, mas pelo regresso das jogadas estudadas ou de laboratório, que faziam parte da marca registada de Jesus. Há muito que a equipa não tirava nada das dezenas de livres e cantos de cada jogo!

Mas também as duas estreias na equipa deram para animar. Siqueira, que se estreou logo como titular – porque, e apenas porque, como Jesus garantiu no final, Cortez está lesionado – deixou muito boas indicações. Saiu lesionado – são lesões a mais – como ainda bem cedo saíra Ruben Amorim, permitindo a estreia de Fejsa, que correu igualmente bem.

E sabe-se como é importante que as estreias corram bem: é que não há segunda oportunidade de causar uma boa primeira impressão!

Percebeu-se que a equipa está em convalescença e percebeu-se que os adeptos percebem isso, e que tudo fazem para evitar a recaída. As lesões são preocupantes, e afastam da equipa gente importante. Mas o plantel tem soluções para contornar essas dificuldades: hoje as alas foram entregues a Enzo Perez - um regresso, melhor, dois regressos: ao lugar e às boas exibições - e a Markovic - o novo mago da Luz - quando ambos disputam aquela posição atrás dos pontas de lança, bem no centro. 

Um jogo de regressos. Até do regresso de Cardozo à titularidade. E da confiança, esperemos...

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D