Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

20
Mai15

Epístola Aberta ao senhor Rui Gomes da Silva

helderrod

Caro Ex Ministro,

Não sou amigo pessoal de Lopetegui, mas como sócio do melhor clube português sinto-me na obrigação de lhe corresponder neste muito nobre género epistolar. Na verdade, sou um assíduo espectador do programa Dia Seguinte. Gosto de ver para poder criticar com propriedade o péssimo serviço que o senhor presta à verdade. Ou melhor, devo adir que não presta um serviço por si só. Revela uma rara capacidade de manipular as evidências para conduzir os seguidistas da sua retórica a crerem efectivamente na calúnia impostora que tanto gosta de cultivar. Penso inclusive, que o senhor ex ministro teria sido um fabuloso e decisivo elemento na Alemanha Nazi de Hitler. Se Hitler o tivesse conhecido, tê-lo-ia contratado imediatamente pela forma soberba como é capaz de enfatizar a propaganda de uma mentira, de uma ilusão. A psicanálise do seu behaviorismo traria, com certeza, elementos riquíssimos no que ao fundamentalismo diz respeito.

Porém, deixe-me dizer-lhe algo. O senhor tem filhos. Como tal não quererá que os mesmos percebam que o sucesso individual e/ou colectivo possa ser feito à guisa da batota. Provavalmente, conhecerão as regras básicas do futebol. Se assim for, rapidamente descobrirão que o título que agora festejam não é mais do que a celebração daquilo que podemos denominar como a personificação da batota.

E não vale a pena sugerir escutas. Sabe porquê? É que quando se pesquisa no Google as tais escutas, aparecem também como entrada na pesquisa as escutas do Senhor seu Presidente e, apesar de não lho revelarem, muito provavelmente também já ouviram Luís Filipe Vieira a escolher árbitros para a Taça de Portugal. E aí hão-de pensar que o pai não lhes conta toda a verdade. E isso é mau. Pense!

Depois perceber que se dirige na carta a um imigrante que foi alvo dos maiores laivos de xenofobia que nós assistimos nos últimos anos. Aliás, é vergonhoso ver um ex ministro português (ou melhor um secretário de estado de trazer por casa) cultivar esta cultura chauvinista que foi tão propalada à boleia do futebol. Devo adir que não foi o único responsável por isso. Mas a sua postura provocatória de permanente cuspidela no prato onde nasceu tem sido municiadora de ódios.

Como tal, do baixo dos meus 36 anos, permita-me um conselho: seja mais comedido e construtivo. Infelizmente há muita gente que come da sua palha. Paralelamente, há muitos consócios seus que não se revêem nesse radicalismo exacerbado. Pense neles. Pense naqueles que perceberam que afinal vão ganhar mais um campeonato ficando apenas a três pontos de um clube que competiu na europa até meados de abril, enquanto que o seu benfica passeou desastrosas exibições na Europa do futebol e está desde Janeiro concentrado univocamente no campeonato. Mas mesmo aí foi preciso subtrair jogadores fundamentais no Restelo (os mesmos que estiveram muito bem no último jogo entre o FCP e o Belenenses) entre outras arbitragens maravilhosas que conduziram ao sucesso da sua equipa. Espero que diga em off que não é assim que devemos ser na vida.

Devemos, isso sim, ser bem sucedidos com a verdade, a humildade e o trabalho. Recordo que os seus filhos terão visto como todos os pseudo 60% que apenas venceram o Mónaco na Luz porque o árbitro de baliza fez vista grossa à mão de Jardel na grande área do Benfica. Os seus filhos terão visto também aquele remate de Benito para a sua própria baliza que obrigou a um já amarelado Júlio César a fazer uma defesa que implicaria inexoravelmente o segundo amarelo, a consequente expulsão e o impedimento de estar presente no jogo do Dragão. Essa é que é a verdade que a sua propaganda retórica procura esfumar. Mas vá lá, amigo! Festeje! Mas festeje na mesma medida da vergonha da pequenez do sucesso. 

Explique que em 10 anos, ganhar 3 títulos é o mesmo que 30% de sucesso. Isso equivale a um nível medíocre. Não queira hiperbolizar aquilo que ainda é exíguo.

 

Um abraço,

Hélder Rodrigues (sócio número 119223 do Futebol Clube do Porto, com sete taças Europeias, com tricampeonatos, TETRAcampeonatos, PENTAcampeonatos e com um orgulho imensurável de ser do melhor clube português)

 

P.S.: Responda lá a esta pergunta: Como comenta o facto do jogo em Guimarães ter iniciado quase dois minutos mais tarde relativamente ao de Belém na segunda parte?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D