Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

MENU

Orquestra em dificuldades

Eduardo Louro 22 Out 16

Imagem relacionada

 

A afinada orquestra de comunicação leonina, com actuação diária nas televisões nacionais, no último fim de semana tocou acordes de rara indignação pelos seis minutos de compensação que a equipa de arbitragem acrescentou ao jogo do Benfica com o 1º de Dezembro, para a Taça de Portugal. Não - diziam - que não fossem justificados. Apenas porque - acrescentavam - não é comum as arbitragens chegarem a tanto. Garantiam que nunca os árbitros davam mais de quatro minutos!

Temos de concordar que esta orquestra até pode estar muito afinada, muito mais que a equipa no relvado, mas não tem muita sorte. Então não é que logo a seguir, na terça feira, um árbitro italiano dá exactamente os mesmo seis minutos - que acabaram por ser quase oito - de compensação?

E não é que hoje, o árbitro Rui Costa repete os mesmíssimos seis minutos de compensação, e que o Sporting evita a derrota com o Tondela 30 segundos antes de se esgotarem os tais seis minutos que os árbitros nunca dão?

Se, no campo, a bancada manda os jogadores jogar à bola, é tempo de, nas plateias, se começarem a ouvir pateadas. Tão sonoras como as de Alvalade! 

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Anónimo

    hooligan não hooling

  • Anónimo

    o Jesus era o "rei" quando gozava com o Lopetegui.

  • Anónimo

    O hooling português não é apenas um membro daquela...

  • Sobolev

    A diferença é que no primeiro caso o problema é da...

  • Anónimo

    O clube pioneiro nos gabinetes de comunicação foi ...