Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

21
Out15

A Analogia de Tel Aviv

helderrod

E já está. O FC Porto acabou de derrotar o Benfica de Tel Aviv por 2-0 e isolou-se no grupo G da Champions. Como os meus leitores devem compreender, não podia deixar passar a infeliz a analogia da promoção televisiva que antecedeu este desafio.

Todavia, o que é mais importante destacar deste jogo é o facto de Rúben Neves se ter coroado como o Capitão mais jovem de sempre nesta competição. E que bem que lhe assenta a braçadeira. 

Importa também adir o feito de Lopetegui que se torna o treinador com mais vitórias consecutivas (vinte) no Estádio do Dragão, batendo efectivamente o record de José Mourinho. Parabéns, Mister Lopetegui!

Após um início algo lento com um Maccabi rápido e organizado, o FC Porto foi tomando gradativamente conta do jogo conseguindo dois bons golos. 

Já na segunda parte e, apesar de conseguir um maior controlo do jogo, a equipa não conseguiu marcar. Porém, os mais de 35 mil espectadores nas bancadas do Dragãos com mais israelitas do que benfiquistas puderam usufruir de uma bela noite de Champions.

A vitória tornou-se ainda mais saborosa com o empate advindo da Ucrânia, o que abre óptimas perspectivas de continuar na prova! Assim seja!

Parabéns, equipa! 

Força, FC Porto!

Hélder Rodrigues

P.S. Queria apenas indicar que, ao contrário do que foi referido na televisão, os assobios eram dos israelitas e não dos adeptos portistas! É importante esclarecer!

16
Set15

O Ponto do Plano L

helderrod

Muito se tem falado do treinador do FC Porto e imagine-se até que já houve um técnico de um clube amador a questionar as opções do treinador basco. Contudo, mais uma vez ficou bem plasmado no terreno de jogo e pelas imagens que temos treinador. Houve efectivamente uma correcta leitura táctica por parte de Lopetegui e, para aqueles que questionam a ausência de um plano B ou C, hoje pudemos ver o plano L! L de leste. L de Lopetegui! A remontada do FCP esteve perto de acontecer. Seria a primeira vez que Lopetegui iria conseguir virar um resultado desfavorável para uma vitória. Contudo, mais uma vez o dedo da arbitragem furtou-nos dois pontos! Confesso que não consigo entender que haja pessoas que consideram que aquele jogador em claro fora-de-jogo, no local onde a bola vai cair, impedindo que Casillas visse a bola não tem interferência no lance. Mas é óbvio que tem. Esta regra é mais clara do que muitos antiportistas possam pensar. A estratégia de povoamento do meio campo na primeira parte permitiu a segurança nos primeiros minutos do jogo e, com uma segunda parte de classe europeia, com o enorme André André e o implacável Aboubakar, o FCP merecia claramente a vitória.

Todavia, enquanto o treinador sofria na bancada qual adepto portista roendo as unhas já se esperam os assobios da injustiça. Guardem-nos para outras realidades porque a longa caminhada ainda só agora começou...

Para Domingo está marcado o Dia de Clássico, no qual se espera um triunfo categórico ante o eterno rival seja com o plano A, B ou L!!!!

 

Força, Porto!

Hélder Rodrigues!!!!!

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D