Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

08
Dez16

O Dragão, a Raposa e o Abutre

helderrod

Bem que podia ser mais uma fábula de Esopo, mas não é. Se calhar até seria interessante, porque muitas delas ostentam moralidades que muita boa gente precisa de ler e ouvir!

Porém, centremo-nos, caro leitor, nesta noite de gala no Dragão. Não custa nada assumir que o Leicester não trouxe as melhores unidades, mas acredito veementemente que viesse quem viesse não passaria no Dragão. 

Na sequência do jogo com o Braga para o campeonato, o FC Porto continuou a plasmar em campo o seu velho paradigma. Um Porto dominador, por vezes avassalador que não deu quaisquer hipóteses ao adversário. Para isso muito contribuíram Oliver que parece estar ainda mais solto sem o Octávio a seu lado, Brahimi cujo golo merece ser dedicado a Madjer e sobretudo um espectacular Corona que marcou o golo da noite. Com efeito, está mais que visto que quando se aposta nos melhores em campo obtém-se o melhor em termos de resultado.

Está mais do que visto que as equipas que vestem de vermelho no Dragão se encolhem perante a supremacia azul e branca. 

Esta é já a defesa portista que está há mais tempo sem sofrer golos no século XXI, sendo apenas equiparada com o Porto de 98/99 do século passado. Isto vale o que vale. Mas, depois de tantos minutos contados para acicatar a pseudo desgraça do FCP, agora dá-nos um certo gozo falar destas coisas.

Fica a ideia que a equipa já ultrapassou o cabo das Tormentas, mas nada está ganho. É já no próximo Domingo por terras de Santa Maria da Feira que a equipa deverá estar à altura em Dia de Derby lisboeta.

Valeu a pena ter despachado com cinco estrelas as raposas de Leicester naquele que foi o melhor resultado de sempre de uma equipa portuguesa sobre equipas inglesas.

Apesar de agora se falar pouco nisto (só se fala quando o Porto não ganha), é uma pena os pontos perdidos pelas equipas portuguesas na Europa por causa do ranking. 

O Sporting esfumou-se na Europa do futebol e os adeptos já não precisarão de gastar mais saliva em jogos europeus. Com 5 derrotas na fase de grupos nem as vitórias morais muito agudizadas na segunda circular são suficientes para relevar o descalabro.

Já no Benfica, JJ foi sempre muito frágil nesta competição. Recordo uma vez que as águias só passaram para a Liga Europa por causa de um miraculoso golo do Hapoel de Telavive (que tinha goleado o SLB em Israel por uns expressivos 3 a 0) em cima do minuto 90. 

O mesmo se passou este ano. Os parcos 8 pontos foram suficientes, não obstante os 11 golos sofridos nesta fase da prova. Valeu-lhes mais uma vez equipas terceiras que, surpreendentemente, conseguiram apurar um SLB sem brilho.

Como tal, o prestígio europeu do Futebol Clube do Porto tem corrido décadas e já são doze as vezes que os azuis e brancos chegam aos oitavos de final na Liga dos Campeões.

Oxalá, o sorteio seja favorável para que possamos sonhar como em 87 e 2004...

 

Força, Porto!!!!

Hélder Rodrigues

 

Créditos fotográficos de Raurino Monteiro

15387559_10154749154364197_865179414_o.jpg

19
Nov16

Salapismos de Capela e um cibo de incompetência

helderrod

Costumava-se dizer nesta competição tão querida dos portugueses "hoje houve taça!". Porém, há agora uma novidade que se confunde com a clássica expressão. Hoje houve Capela. 

Mais uma vez, o homem puxou dos galões e desta feita não assinalou três penalties ao FC Porto e, por ventura, um outro ao Chaves. É um INCOMPETENTE que demonstra o quão podre está a arbitragem em Portugal.

Sei que pareço repetitivo. Mas a realidade obriga-me a reiterar a inaceitável toada das arbitragens nos jogos do FC Porto. Neste momento o rácio é o seguinte: 13/11! Dividam agora 13 por 11. Depois, multipliquem por 100. Obterão a percentagem do coeficiente da arbitragem a roubar penalties ao Futebol Clube do Porto.

Não podem brincar assim com a Instituição Futebol Clube do Porto. 

Aqui não há dúvidas entre o vapor e o cuspo. São 13 penalties em 11 jogos. Uma dúzia de abade.

Uns queixam-se por causa de um jogo no qual chegam ao empate num penalty inexistente sobre Gonçalo Guedes.

Outros passeiam miríades de maus exemplos para os jovens, cuspindo indiscriminadamente para tudo e para todos. Ainda ontem foram precisos penalties simulados e dois golos foras de jogo para amenizar o putativo escândalo...

E, no entretanto, há um clube. O melhor clube português consubstanciado pelos sete títulos internacionais que lhes confere um prestígio inigualável e díspar no nosso futebol continua a ser vilipendiado de forma constante pela arbitragem, pela maioria da imprensa e da opinião.

Isto tem que acabar! Dê para onde der.

Contudo, houve também um cibo de incompetência em terras transmontanas. 

Adivinhava-se uma tarefa difícil em Chaves, mas no escalonamento do onze houve falhas. Este era o jogo mais importante para as hostes portistas no presente. Como tal, as opções deveriam passar pelo melhor onze. Assegurar a passagem bem cedo e gerir o resto do jogo era claramente a melhor solução.

De que vale falar em pilares, se removemos a importância dos alicerces? Em tempos criticavam o treinador basco por desconhecer a importância desta competição no futebol português, aquando do jogo Porto-Sporting há duas épocas atrás num contexto pós-selecções. O que têm para dizer agora?

Agora há que olhar em frente e não facilitar em Copenhaga. Entrar com tudo na próxima terça-feira, porque a margem de manobra reduziu-se um cibo e os portistas estão atentos.

 

Força, Porto! Hélder Rodrigues

Créditos fotográficos: Raurino Monteiro

 

 

received_10154690251269197.jpeg

08
Jan16

Uma homenagem à casa

Eduardo Louro

Não é habitual falar de nós, olhar cá para a casa, para este saco de gatos - como lhe chamei no arranque - já muito vazio. Mas desta vez justifica-se uma homenagem ao Dia de Clássico, na pessoa do Hélder Rodrigues (quem mais havia de ser?): defendeu com todo o entusiasmo, convicção e mesmo paixão, Lopetegui até ao limite. Quando não pôde mais, e o deixou cair, Lopetegui caiu.

Notável. Isto merece uns parabéns sinceros: parabéns, Hélder!

 

29
Ago15

A Apurar A Receita do Chocolate

helderrod

"Desde sua domesticação o cacau é usado como bebida e, depois, como ingrediente para alimentos. Durante a civilização maia era cultivado e, a partir de suas sementes era feita uma bebida amarga chamada xocoatl, geralmente temperada com baunilha e pimenta. O xocoatl, acreditava-se, combatia o cansaço além de ser afrodisíaco."

Tal como no passado o chocolate foi passando por diferentes fases de aperfeiçoamento. Inúmeras foram as receitas e as tentativas para chegar ao produto final de características divinais.

Assim vai o grande Futebol Clube do Porto que necessita ainda de uma pitada de açúcar e acima de tudo de muito sal no seu jogo. Ao contrário do que possa parecer, o FCP passou por uma imensa reestruturação e perdeu um jogador que dava muito sal e pimenta na ala esquerda azul e branca. Não há dúvidas que Alex Sandro e outros que saíram deixaram legados muito pesados e não será com certeza de um dia para o outro que o futebol jogado seja o melhor.

No jogo com o Estoril (equipa bem organizada em campo), o miolo não esteve a funcionar durante uma boa parte. Mas o chef Lopetegui lá foi acertando com as dosagens para equilibrar o meio campo que estava na mó de baixo. 

Não obstante, e perante um Duarte Gomes de tolerância 0 para Maxi que deverá ter batido o seu recorde de amarelos em tão pouco tempo de jogo, o FCP chegou ao golo após uma excelente incursão de Brahimi que esteve bem por zonas mais interiores! 

Contudo, voltaram os Rodolfos do assobio! E é preciso estabelecer aqui uma questão. É extremamente positiva a exigência da massa adepta. A exigência é positiva, mas a intransigência é doentia! Fico sempre revoltado quando alguém assobia o azul e branco. Os mesmos são aproveitados para alarido jornalístico e causam instabilidade à equipa no decorrer do jogo. Houve um lance em que Danilo tentava dominar a bola e com tanta assobiadela acabou por perder o esférico para o adversário. No Dragão todos são livres de expandirem da forma como querem, mas existe uma linha (e não é essa da porta 18) de pensamento designada por lei de Murphy que, resumidamente, se trata de uma situação em que o pessimismo e o derrotismo causam repercussões negativas. 

Como tal, deixemos apurar a receita do puro cacau para saborearmos prazerosamente o aroma da vitória. O chocolate está a apurar e o campeão sem igual há-de voltar!

Força, Porto!

Hélder Rodrigues

Mas acima do que qualquer vitória, hoje é dia para deixar os votos de rápidas melhoras ao Melhor Presidente do Mundo: Jorge Nuno Pinto da Costa!!!!!!

20
Ago15

SMS para o meu querido Proença!

helderrod

Pedro, Sei que és um moço cuja seriedade é directamente proporcional ao gasto do gel que plasmas no teu cabelo. Por isso, e porque conto com a tua seriedade, espero que o precedente que se abre para levar o jogo Arouca-Benfica para Aveiro seja estendido a todos os outros jogos da Liga NOS. Caso contrário, tornas-te em mais um falhado que se cala com tamanha falta de equidade. Um abraço, Hélder Rodrigues

15
Ago15

A Reconquista Campeã

helderrod

Podia muito bem ser este um artigo da História de Portugal, não estivéssemos nós a falar dos vindouros do Afonso Henriques. Contudo, foi com o auxílio dessa ideia que me lembrei da Reconquista. E no jogo da primeira jornada, o FC Porto arrancou bem em bom plano com um óptimo resultado frente ao Vitória. Foi uma primeira jornada de algumas novidades e inovações que catapultam o FC Porto para uma elite de vanguarda no panorama futebolístico. A possibilidade de se entrar no Estádio do Dragão com o recurso a uma aplicação para smartphones é um exemplo do crescimento do clube. Numa noite com mais uma grande casa o Dragão acolheu com pujança os 10 milhões de espectadores. São efectivamente 10 milhões de assistentes que se aproximam dos fantasiosos 14 milhões de qualquer coisa. Uma outra inovação positiva é a existência do AZUL EXTRA. Um pequeno jornal de distribuição gratuita no qual é possível consultar um histórico das equipas que jogam com o Porto e nem falta um Quiz para os Dragões mais estudiosos e de boa memória! Muito bom! Para encerrar a festa em grande destaca-se a boa exibição do FC Porto no decorrer do jogo. Mais uma vez foi escolhido um árbitro "verdinho" para um jogo desta importância. O jovem estava tão verdinho que até terminou a primeira parte cerca de 30 segundos mais cedo...Com bastantes jogadores em bom plano, destaque-se Aboubakar que parece querer pegar de estaca com boas movimentações. Também o capitão Maicon foi imperial nesta noite e o capitão parece querer afirmar-se definitivamente como o patrão da defesa portista. Depois, uma palavra para André André. Rendendo um errático Herrera, este André André evidenciou muita qualidade mais uma vez e, quando se fala tanto de ADN, aqui sim. Aqui há efectivamente uma matiz de ADN. É que o filho parece-se muito com o pai na forma como corre, como parece saltitar e como pousa a raça na relva. Este desafio foi um bom prólogo para o que todos os Dragões almejam: o regresso do Campeão!Será já muito importante a ida ao Caldeirão nos Barreiros para dar continuidade à Reconquista Campeã!                                                                   Força, Porto!!!                                                                                                       Hélder Rodrigues.                                                                                                     P.S. Para quê falarmos de SMS quando ainda há uma chamada para um árbitro para se investigar e lá passou mais uma semana de silêncio ensurdecedor!!!!

20
Mar15

O Respeitinho é muito bonito e o PORTO gosta!

helderrod

Quis o sorteio que os bávaros viessem ao reino do Dragão. Agora, há que transmitir confiança e força ao grande FC Porto! Tal como é possível observar na foto portista deste blogue, nós temos uma história muito bonita com o Bayern. O futebol é outro, os protagonistas são outros, mas a esperança é a mesma. Em 1987, o meu pai dizia-me que só um milagre poderia dar-nos a vitória. Não houve milagre. Houve garra, força e génio. E o nosso FC Porto tem tudo isso! É importante enfatizar que em nossa casa mandamos nós. Somos um clube praticamente imbatível em casa e nada nem ninguém nos pode atemorizar. O respeito pelo melhor clube português é imenso. Desta forma, há que jogar à Porto em casa e atestar a nossa grandeza europeia. Por isso, força, GRANDE PORTO!!!!!!

Wir werden gewinnen !!!!

Hélder Rodrigues

P.S: - neunzehnhundert sieben und achtzig

06
Mar15

Los Picapiedras ou a acepção de uma verdadeira Equipa

helderrod

Numa difícil vitória para esculpir na pedreira, está cumprido o pleno de quatro vitórias em quatro jogos difíceis num somatório de seis vitórias consecutivas. Por muitas palavras que vão decorrer deste desafio, há uma que quero destacar: EQUIPA. "Equi" significa o mesmo, a similitude. Assim foram todos os jogadores em campo. Jogadores à Porto que interpretaram soberbamente as palavras de um Grande Lopetegui. O treinador corporizou a vitória! Tem sido um maestro nesta orquestra colectiva. Na verdade, já há muito tempo que o treinador basco não merece as mudanças estupidificadas do seu nome. Foi uma vitória muito forte, capaz de catapultar novas esperanças neste campeonato, É que somos efectivamente os melhores. Pena foi a lesão de Jackson Martinez que foi substituído por um pseudo clone na atitude que serviu com mestria um Tello em crescendo. Isto é jogar à campeão. Agora há que aguardar pela presença efectiva em Arouca da equipa do Benfica que, atendendo às palavras de João Gabriel, evidencia uma tremideira imensurável e a ver vamos! Haverá campeonato até ao fim e isso é interessante. É uma réstia de esperança perante um cúmulo de falsidades e colinhos que já feriram de morte a verdade deste campeonato. Porém, há que transcender e sermos Porto. Sempre um Porto abnegado e estóico como o de hoje na pedreira. Hoje foram uma família e a mística agudiza-se. Na próxima terça, espera-se a confirmação na certeza de que, caso Martinez não recupere, seremos ainda mais equipa como hoje e entrar no muito invejado lote das 8 melhores equipas da Europa. É este o plano superior do FC Porto. É esta a diferença entre o Azul e Branco que contrasta com o preto e branco das memórias e dos histerismos de outros. Na terça, estaremos todos no Dragão para podermos sonhar a vosso lado Força, Equipa! Força, Porto!!!!!!!! Hélder Rodrigues

02
Mar15

A Portus Temperatae Leones!!!!!!

helderrod

Festival! Festival! Festival! Era assim que se gritava nas Antas quando o FC Porto desenvolvia uma perfomance superior. Desta feita, não valeu de nada jogar à Salgueiros ou à Leça como fizeram o Benfica e Sporting respectivamente no reduto do Dragão! Hoje fez-se justiça a quem jogou mais futebol. A vitória sobre o Sporting é inequívoca. E 3/4 desta quadra de jogos decisivos para pressionar o Benfica estão alcançados. O próximo jogo de sexta-feira em Braga é fundamental para almejar a vitória no campeonato. Na próxima jornada, o Benfica vai de facto a Arouca e isso é mais justo e equitativo. Não obstante o trabalho prévio de Jorge Sousa que excluiu 3 jogadores do Arouca para a próxima jornada, parece-me que mais uma vez a pressão pode trazer consequências. Jogar em Arouca não é o mesmo que ir comer ovos moles a Aveiro! Quanto ao jogo propriamente dito, destaque-se a solidariedade plasmada pelos jogadores do Porto e, mais uma vez, Lopetegui soube escolher e a opção de Evandro foi fundamental para reforçar o miolo do terreno. Mereceu e bem ter saído com direito a palmas dos adeptos. Depois uma palavra para um soberbo jogador de equipa que se chama Jackson Martinez que soube trabalhar incessantemente para os colegas e servir com elevada mestria o brilhantíssimo Tello. Hoje, Tello e o seu hat-trick poderão ser a razão da afirmação que faltava para catapultar este jogador para futuros sucessos. O Porto soube domar um leãozito fraquinho e é caso para relembrar Bruno de Carvalho quando este dizia que era "preciso dar mais luta". Ora aí está! Cada um tem o que merece. Posto isto, há que continuar a trabalhar e procurar ser indiferente às promoções de todos aqueles que, quer pela rádio pública, quer pela maioria dos jornais transpiram histerismo pelo voo da águia e procuram carregar os encarnados com laivos de lirismo e de loucura. Só eu sei porque não fico em casa! Força, Porto! aTELLOgo!!!! Hélder Rodrigues

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D