Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

05
Out13

Fica Jesus

joaopaulo74

Confesso que não sou muito amigo de grandes confusões no mundo da bola - a dimensão psicológica é cada vez mais importante e a agitação não rima com sucesso.

A saída de Jesus - tão pedida pela blogosfera - poderá ser equacionada desta forma:

- estão ou não  os jogadores com o Jesus?

Eu continuo a achar que é a pessoa certa para colocar os jogadores a fazerem o que sabem, mas não vale a pena inventar. Faz assim Mister:

- Artur;

- Almeida, Luisão, Garay, Siqueira;

- Matic, Enzo;

- Gaitan, Ola John;

- Marcovic, Cardozo.

 

Pode ser?

02
Out13

Jogadores que não jogam

joaopaulo74

Já o tinha escrito - Esta tem sido uma época completamente anormal porque, pelos mais diversos motivos, não consigo ver os jogos do SPORT LISBOA E BENFICA. Hoje foi a trovoada. No jogo com o Belenenses, tinha adormecido.

No que me deu sono, fui de um empate a zero a um empate com um golo.

No da trovoada, fui do 0-0 aos 3-0. Quando a sporttv dos pobres voltou já o PSG ia bem adiantado.

Sobrou a segunda parte, mas parece-me que essa não contou porque o PSG esteve em ritmo de treino.

Fica, para já, uma pergunta - os jogadores estarão disponíveis para jogar com este treinador?

19
Mai13

Jesus deve renovar

joaopaulo74

Tal como muitos outros companheiros por essa Blogosfera fora (Cabelo, Estádio, Catedral) também eu sou dos que defendem a renovação com Jorge Jesus.

E, volto a escrever tal opinião, antes de saber o que vai acontecer  hoje.

O clube que está em primeiro lugar na liga e que - com toda a certeza - a vai ganhar tem 30 anos de vitórias. Tem a capacidade de ir "atrás de nós meia época e aguentar-se das pernas". Tiveram o mérito e a competência para estar onde estão.

Tiveram sorte? Sim. MUITA! IMENSA - no jogo do BENFICA creio que marcaram um golo no único remate que fizeram à baliza em jogadas legais.

Mas, o mérito deles vem da capacidade de aguentar, atrás, a pedalada do líder.

Foram competentes a gerir a equipa do Nacional - que deixou 3 titulares no banco para meter 3 juniores, em poupança para Braga, segundo a BESTA que os comanda - e nós não fomos competentes a gerir o Estoril. E, se calhar, a diferença, esta época esteve aí. Mais milhão, menos milhão, mas a verdade não deve andar muito longe destes dois jogos.

Mas, quem se lembra de Vigo ( e insisto porque eu estive lá) e vê a diferença que esteve em Amesterdão só pode ver uma equipa e um clube a crescer. Os factos mostram que estamos mais perto do sucesso. E, Jesus, foi a chave desse salto de qualidade que tinha sido iniciado há uns anos.

 

 

16
Mai13

A génese da maldição

helderrod

Antes de mais, importa esclarecer o seguinte: Bella Guttman afirmou que, sem ele, o Benfica jamais voltaria a ser campeão europeu. Portanto, a Liga Europa não conta para este feitiço. Já o 92 é mais discutível, uma vez que Torres é o 9 e Ivanovic o 2. Bizarro!

Já o vocábulo sorte é mais relativo: depois de sete bolas aos seus postes nesta competição, adiu-se uma outra bola ao poste (Lampard) bem antes dos tais 92 minutos.

A vertigem do Benfica quase se sobrepôs ao laxismo de Benitez. Este não é o Chelsea comum. Trata-se de uma equipa dotada ainda do cinismo italiano de Di Matteo, acrescentado por uma passividade estranha do treinador espanhol...

O prolongamento era merecido e impunha-se, mas o futebol é mesmo assim. É o mesmo futebol que esmagou a Académica na Luz e foi aí que a maldição de Jesus começou. Aquele que disse que a Académica merecia descer está agora a padecer da mesma dor. Virou-se o feitiço contra o feiticeiro.

Parabéns ao Benfica pela coragem!

 

Hélder Rodrigues

13
Jan13

Dar uma de Mister

joaopaulo74

Confesso que pensei o pior quando se confirmaram as saídas do Witsel e do Javi. Eram demasiado importantes no modo como o Jesus pensava a

equipa para poderem ser substituídos, mas foram. E não foi só o Matic e o Enzo. Foi a equipa que se adaptou às suas ausências.

Esta época não tivemos Luisão, Aimar, Witsel, Javi e o Gaitán só acordou esta semana.

São demasiadas ausências!

Mas, apesar disso, para surpresa minha, o Benfica chega ao fim da primeira volta em excelente condição.

Será que é favorito para o Clássico só porque está bem?

Não e sim.

Não porque o porto, apesar de tudo também chega, na classificação, muito bem. Sim, porque de facto o SPORT LISBOA E BENFICA tem mostrado uma energia muito forte.

No que diz respeito aos onzes, diria que há um equílibrio muito grande.

Na baliza uma e outra estão bem - em Paris ou em Moreira de Cónegos, Helton e Artur deram os frangos que tinham para dar este ano. Se depois da Cidade Luz, o Helton quiser repetir a piada no Estádio da Luz, perfeito.

O Danilo vai ter pela frente o Ola John e o Alex Sandro o Salvio. Creio que o Salvio é menino para conseguir levar vantagem, e do outro lado OJ terá mais dificuldades.

Os avançados, Cardozo e o Jackson, marcarão se a bola chegar lá - são homens que fecham jogadas e, um e outro, podem ser a chave do jogo.

Onde a coisa ficará decidida será no meio-campo: o porto tem um trio de enorme qualidade e o SPORT LISBOA E BENFICA tem o Matic e o Enzo. A minha dúvida é quem vai apoiar o ponta-de-lança ou, escrito de outro modo, quem vai apoiar o meio-campo: o Aimar? O Gaitan? Ou até o André Gomes para fazer também um trio no meio-campo? Continuo a pensar que nestes jogos não há nada para mudar - por mim jogam Lima e Cardozo.

Para ganhar, claro!

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D