Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

14
Ago18

O regresso da Liga

Daniel João Santos

Bastou a primeira jornada para que o registo, diga-se parvo, tenha regressado. Não satisfeitos com tudo o que se passou na anterior época, infelizmente, alguns acham que o registo tem de ser igual ou pior. Acusações atrás de acusações colocam a Liga outra vez num nível muito baixo. 

Acusações de pagamentos pelo Benfica a um outro clube para que ele tivesse vencido um jogo contra o Porto é a pedrada do dia. Pelos vistos, dizem os anónimos que fizeram a acusação, é ilegal. Eu digo antes que é parvo. Sim, é parvo acusar anonimamente e é parvo as autoridades registarem tal boato. 

O problema desta coisas, parvoíces, é que tende a se alastrar e incendiar ânimos.

Já agora é também parvo o Benfica entrar na onda e acusar um jogador do Porto de ter apertado o pescoço a outro, mas isso é apenas o seguir os hábitos praticados no futebol português: as queixinhas.

Depois, parece que começou a época e os paineleiros estão já todos activos. Nas televisões tudo quanto é pato-bravo regressou de férias, diga-se que infelizmente, trazendo os bidões cheios de gasolina. 

Acredito que esta será mais uma época igual a tantas outras, mas se calhar pode-se vir a dar aquele salto que falta para a Liga portuguesa bater no fundo.

 

14
Ago16

Mercado de transferências

Daniel João Santos

No começo da nova época deveria estar aqui  a falar dos jogos de ontem. Os chamados três grandes venceram e venceram bem. Assim, para inicio de época, nada de relevante a registar.

O que chateia, talvez a uma grande maioria, é o facto de começar o campeonato e só no final deste mês fechar o mercado de transferências.  Não se percebe qual é o argumento para se começar um campeonato onde os planteis ainda podem mudar e muito.

Defendo, que a data limite para transferências deveria ser o inicio de um campeonato nacional. Por várias razões:

- O treinador deveria desde já saber com quem vai contar.

- Os jogadores deixavam de estar muitas vezes com a incógnita de saberem o futuro.

- Por muito profissional que seja um jogador, o atleta que sabe que pode ir para um grande clube europeu se calhar não arriscará tanto para não por em causa esse salto na carreira.

- Os adeptos ficam logo a saber com o que contar.

- Deixaremos de assistir a tanta especulação nos jornais e na televisão sobre transferências.

- Passaremos apenas a concentrar as atenções no jogo e não no folclore.

06
Mar15

Los Picapiedras ou a acepção de uma verdadeira Equipa

helderrod

Numa difícil vitória para esculpir na pedreira, está cumprido o pleno de quatro vitórias em quatro jogos difíceis num somatório de seis vitórias consecutivas. Por muitas palavras que vão decorrer deste desafio, há uma que quero destacar: EQUIPA. "Equi" significa o mesmo, a similitude. Assim foram todos os jogadores em campo. Jogadores à Porto que interpretaram soberbamente as palavras de um Grande Lopetegui. O treinador corporizou a vitória! Tem sido um maestro nesta orquestra colectiva. Na verdade, já há muito tempo que o treinador basco não merece as mudanças estupidificadas do seu nome. Foi uma vitória muito forte, capaz de catapultar novas esperanças neste campeonato, É que somos efectivamente os melhores. Pena foi a lesão de Jackson Martinez que foi substituído por um pseudo clone na atitude que serviu com mestria um Tello em crescendo. Isto é jogar à campeão. Agora há que aguardar pela presença efectiva em Arouca da equipa do Benfica que, atendendo às palavras de João Gabriel, evidencia uma tremideira imensurável e a ver vamos! Haverá campeonato até ao fim e isso é interessante. É uma réstia de esperança perante um cúmulo de falsidades e colinhos que já feriram de morte a verdade deste campeonato. Porém, há que transcender e sermos Porto. Sempre um Porto abnegado e estóico como o de hoje na pedreira. Hoje foram uma família e a mística agudiza-se. Na próxima terça, espera-se a confirmação na certeza de que, caso Martinez não recupere, seremos ainda mais equipa como hoje e entrar no muito invejado lote das 8 melhores equipas da Europa. É este o plano superior do FC Porto. É esta a diferença entre o Azul e Branco que contrasta com o preto e branco das memórias e dos histerismos de outros. Na terça, estaremos todos no Dragão para podermos sonhar a vosso lado Força, Equipa! Força, Porto!!!!!!!! Hélder Rodrigues

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D