Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dia de Clássico

MENU

Golpe de estádio

Dylan 18 Fev 18

cepo.jpg

Primeiro, a chantagem de que ameaçava demitir-se se os estatutos do clube e regulamento disciplinar não fossem aprovados, depois, a transformação da Assembleia-Geral num lavadouro público, enxaguando roupa suja, visando antigos dirigentes, antigos treinadores e sócios. No fim, Bruno de Carvalho saiu vencedor, tinha conseguido implantar uma ditadura moderna através de um golpe de estado no reino de Alvalade. O caudilho é assim, julga-se o salvador leonino e permite uma certa oposição, desde que controlada. Não existe melhor propaganda e manipulação colectiva do que censurar jornais, televisões, rádios e plataformas digitais, aquele totalitarismo que visa condicionar aspectos de vida e comportamentos dos cidadãos. Nem falta a polícia política: os adeptos incentivados pelo ódio que insultam e intimidam jornalistas. Será que a democracia portuguesa não pode acusar criminalmente estes irresponsáveis que estragam o desporto?      

Carta com Aviso de Recepção!

helderrod 29 Dez 15

EXMOS SRS.,                                                                                             Espero que esta missiva vos encontre mais serenos e construtivos. É com toda a legitimidade que se vos atribui a soberania e o direito à indignação. Todavia, já considero pouco legítimo estar a assistir a um jogo num lugar que pago anualmente e ter que estar a levar com adeptos disléxicos (porque trocam muitas sílabas), com vinte minutos de jogo e a muita gente constipada por causa do lencinho. Julgo ter o direito a estar no meu estádio, sem ter que assistir a tanto bota abaixismo. Parece que a táctica do Gouveia resultou. Hoje a maioria dos adeptos conseguiu derrotar a equipa, qual lei de Murphy instituída. Quando ouvi tanto assobio, até pensei que fosse para pedirem o André Silva e os compatriotas! Mas depois reparei que eles já estavam a jogar e a falhar golos e passes. Porém, a culpa é sempre do treinador. Quero endereçar aos Super Dragões e ao Colectivo um abraço solidário de grandeza pela força exemplar e motivacional que plasmaram incessantemente no relvado. Quanto ao resto foi triste um espectáculo pimba: uns gritavam olés aos jogadores do PORTO, outros celebravam os golos do Marítimo, acenando lencinhos como se estivessem a dar vivas ao Papa em 1982 na Avenida dos Aliados...Lamentável! Foi uma paupérrima exibição, mas não devemos individualizar as responsabilidades. Os jogadores que tanto queriam ver nesta competição menor não têm ritmo de jogo, falharam muitos golos e foram traídos na transição dos madeirenses... Foi assim a Taça dos Correios: Uns espumam-se passeando a "qualidade" nesta competição (até porque já zarparam da Taça de Portugal); outros abanam lencinhos (triste moda esta copiada dos estádios espanhóis na década de 90); outros vão com as fraldas encharcadas para casa... Um Feliz Ano Novo para todos, exceptuando-se aqui os votos de sucessos desportivos para os portistas! Atentamente, Hélder Rodrigues Indarra, FC Porto! Até Sábado!!!!

Votos dos meus sinceros PARABÉNS ao Presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, cujas alegrias que já me atribuiu nas minhas 37 Primaveras servem para calar para a eternidade quaisquer laivos de loucura e assobio!

O futebol é de facto muito engraçado. Após cinquenta jogos na Liga NOS, o FCP volta a ser beneficiado em dois lances na sua área. 

Isso é notícia! É alvo da elevação das vozes do "só fala quem tem que se lhe diga...".

É curioso. É curioso, porque são os mesmos que se calaram quando o Porto foi ROUBADO em Kiev no cair do pano com um golo completamente irregular, onde foram subtraídos 2 pontos que nos garantiria o apuramento para os oitavos. Mas o Lopetegui tem as costas largas. São os mesmos que desvalorizaram o penalty escandaloso sobre André André não assinalado no Dragão a favor do Porto. Não faz mal! O Lopetegui tem as costas largas...

É lamentável ver como um SLB do tuga Roi Vituria que já tem 6 (seis) derrotas, perdendo 2 jogos e empatando 1 na champions, tal como o Porto, seja bestial. Mas o Lopetegui é que tem as costas largas.

É lamentável como um Sporting que está a ser levado ao colo e à guisa dos bloqueios no campeonato esteja a ser sobrevalorizado, após exibições lastimáveis na Liga Europa e com um golpe de sorte no seu jogo caseiro com o Besiktas onde leva um banho de bola de 60 minutos e acaba por ganhar o jogo, com consideráveis falhas defensivas da equipa turca. Mas o Lopetegui tem as costas largas. O Jerge Josus é um homem de sorte.

 

E assim vai o futebol actual. 

Que legitimidade ou competência podemos dar a alguém que atribui a Mitroglou aquele golo sobre o Vitória de Setúbal em que a bola bate no poste, dá no guarda-redes e entra na baliza? A sorte de uns é o azar dos outros.

 

Em suma, é mau sinal quando a culpa quer morrer solteira. Ninguém merece! Todos temos um nome, uma identidade que deve ser respeitada por todos!

 

Força, Porto!

Acredito numa grande exibição contra o Dortmund para que a bofetada de luva branca seja mais intensa que os lencinhos que vão ondular no Dragão.

Somos Porto!

Pesquisar

Pesquisar no Blog

  • Benfica

  • Porto

Últimos comentários

  • Anónimo

    hooligan não hooling

  • Anónimo

    o Jesus era o "rei" quando gozava com o Lopetegui.

  • Anónimo

    O hooling português não é apenas um membro daquela...

  • Sobolev

    A diferença é que no primeiro caso o problema é da...

  • Anónimo

    O clube pioneiro nos gabinetes de comunicação foi ...