Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

28
Set13

Fora do jogo

joaopaulo74

Esta época tem sido completamente atípica no que ao acompanhamento do GLORIOSO diz respeito. Se há anos em que não perco um jogo, esta temporada ainda não consegui ver nenhum, isto no sentido literal.

Pois bem, hoje, em dia de reflexão, dei por mim dedicado à bolinha. Vi o Chelsea, depois um jogo de futsal de miúdos e lá me sentei no corner vermelho para acompanhar o GLORIOSO na BENFICA TV.

Ainda dei pelo passar dos 10 minutos. Estava o jogo empatado.

Acordei aos 90 com ele empatado.

Estive completamente fora de jogo e não apareceu nenhum sócio do SLB para me acordar - se calhar tinham ido todos para o museu.

16
Dez12

Jornada #12: Os golos do S.L.BENFICA - Marítimo

joaopaulo74

Mais um jogo, mais uma vitória. E o implacável Tacuara, mais uma vez decisivo: Benfica 4, Marítimo 1: três golos de Cardozo e um de Rodrigo.

Não vi o jogo e por isso vou apenas limitar o post a um comentário sobre o lance da grande penalidade:

- eu não teria marcado e não estranharia que não tivesse sido marcado. É falta porque, de facto, ele joga a bola com mão e qualquer pessoa que tenha um dia jogado à bola, sabe que na área, as mãozinhas são atrás das costas para não facilitar.

Marcou - Cardozo não falhou e estava feito o mais complicado.

São seis os golos de Cardozo em dois jogos: fantástico.

16
Dez12

Jornada #11: Os golos do Sporting - S.L.BENFICA

joaopaulo74

Vai longa a discussão sobre os Golos do Óscar René Cardozo Marín, o nosso Tacuara!

"tenham cuidado / ele é perigoso / ele é o Óscar Tacuara Cardozo", canta-se na Catedral.

Fui ao dicionário e vi que Tacuara é sinónimo de Taboca, isto é, uma espécie de bambu do Brasil.

Se a origem do nome fosse Lusitana talvez ele fosse o Óscar Pinheiro Cardozo, ou, quem diz pinheiro, diz poste, trave...

Não é, claro, o melhor do mundo!

Mas é um jogador fantástico que faz o que tem que ser feito: marcar golos!

Não há dúvidas!

É um craque a marcar livres - ao lado de Simão, o melhor na nossa história mais recente. Está mais eficaz no jogo de cabeça e melhorou muito a capacidade de jogar sem bola e não surpreende os golos que ele tem marcado.

Em Alvalade, segundo a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, marcou três golos. As imagens são claras - Cardozo andou por lá nas três situações. Se o remate na grande penalidade não oferece discussão, os outros dois são motivos para opinação colectiva:

- no primeiro lance, Cardozo ganha a bola na cabeça da área, encosta para a Essquerda. Ola John cruza e Cardozo, de cabeça toca a bola para a baliza. Patrício defende, a bola bate no defesa verde, embrulhado com o Tacuara e entra. Há dúvidas?

 

- no terceiro golo, na sequência de uma bola parada (quase um canto mais curto), Tacuara faz o movimento, na linha da pequena área, do 2º para o 1º poste e remata, de cabeça, tendo a bola batido num defesa. Entrou. Foi golo!

 

Ontem, na RTP, Pedro Proença foi muito claro: um golo é sempre atribuído a um avançado, mesmo que a bola bata num defesa, desde que o movimento por este realizado não tenha sido intencional. Isto é, só é auto-golo quando um defesa realiza um movimento com intenção e desse modo altera a trajectória da bola - em nenhum dos dois casos há qualquer tipo de intenção dos defesas do Sporting em cortar a  bola: a bola "bate" e entra.

São por isso 3 os golos de Óscar Cardozo em Alvalade.

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D