Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

Dia de Clássico

Visto da bancada Sul

24
Nov13

Estatística e consistência é como o toucinho e a velocidade...

helderrod

Toucinho e velocidade: duas palavras celebrizadas por Manuel Machado que exprimem o facto de algo ser incomparável. E, aproveitando o facto do treinador em causa ter conseguido a proeza de aquistar pontos ao FC Porto no seu reduto, devo reiterar essa associação.

De facto, a estatística é um facto concreto que não dá pontos. Os 17 cantos a 0 de nada valem se o Porto não for consistente. Esta é a maior falha neste Porto 2013/2014. A inconsistência exibicional e o desequilíbrio emocional desencadeiam extremos opostos num mesmo jogo. À qualidade dos primeiros 20 minutos opõe-se a invulgar quantidade de passes falhados em algumas fases do jogo. A posse propalada por Vítor Pereira era bem mais efectiva, até porque os intérpretes assim o permitiam. Mas nada está perdido e é fundamental que se contrate no mercado de Janeiro a consistência e já agora um bom extremo para conjugarmos o toucinho e a velocidade.

 

Força, Porto!!!!!

 

 

Hélder Rodrigues

07
Jun13

A aposta na força da Juventude! Bem-vindo à Invicta, Paulo Fonseca!

helderrod

Cresci muitas vezes em torno deste adágio: quem desconfia não é de confiar. Esta é a deixa que liberto aos teóricos da conspiração. O Porto enleva-se e eleva-se perante tais teorias.

Assim sendo, as minhas boas vindas a Paulo Fonseca. A uma jovem promessa que se enquadra num paradigma fundamental e de provas dadas no meu FCP. Tal sucedeu com Mourinho, Villas-Boas, Vitor Pereira e assim será com  todos aqueles que os seguirão. Esta é a aposta na força e irreverência da juventude. A aposta na ambição da vitória.

Como tal, o Dragão une-se perante Paulo Fonseca, com a esperança de que muitas vitórias se dêem nas barbas do sucesso.

 

Bom trabalho, Mister!

 

Ao Vitor Pereira reitero a gratidão e, caso se confirme o Anzhi, desejo-lhe um grande futuro por terras russas!

 

 

Hélder Rodrigues

05
Jun13

Na INvictaDECISÃO

helderrod

Chovem nomes, caem palpites e fazem-se apostas. A aparente saída de Vitor Pereira pressupõe a especulação do novo timoneiro do Dragão. Ao Vitor Pereira, um profundo agradecimento. Soube crescer a pulso, com muita humildade e com muitas vitórias. À sua consistência persistente devemos talvez este saboroso título. Na Champions (a de este ano), o FCP foi uma das melhores equipas na fase de grupos onde também se incluíram as portentosas exibições contra o Málaga e PSG. Não lhe podemos atribuir responsabilidades pelo facto de Moutinho se encontrar lesionado em Málaga ou mesmo de um James em subrendimento após a sua lesão.

Será então uma saída à bicampeão que legitima a este novo grande treinador gerado no Dragão a certeza de muitos sucessos. Merece indubitavelmente um grande futuro por essa Europa (quiçá em Liverpool).

Brasileiros à parte, parece-me que no seio do Dragão reserva-se a presença de mais um treinador português. Seja ele qual for, estará já a trabalhar com um propósito. Aquele que nos fará vencer com ou sem Faria, com ou sem Fonsecas, mas com a certeza da Vitória de um dos Ruis...

 

Aguardaremos com a serenidade possível!

 

Hélder Rodrigues

30
Mai13

Uns e outros

joaopaulo74

Há uma equipa em que o treinador acaba contrato. O Presidente nada diz, e só o empresário do Mister falou.

Há outra equipa em que o treinador acaba contrato. O Presidente falou e nada mais aconteceu.

Num caso a Comunicação social fala, escreve, comenta, especula.

No outro, nada.

Depois, ainda se queixam de serem uns coitadinhos e tal, muito mal tratados pela imprensa...

21
Mai13

FCP: um clube derivado por prefixação!!!!!

helderrod

Bi, tri, tetra, penta são prefixos que se juntaram ao nome Campeão! É indubitavelmente motivo de orgulho ter um clube derivado por esta prefixação, a mesma que encerra em si muito trabalho, muita seriedade e acima de tudo a humildade. A mesma humildade foi personificada na imagem de um treinador que soube sofrer como poucos, acreditando até ao fim no seu trabalho. Fica aqui a sensação de que algo mais poderia ser feito, caso o FCP pudesse ter um plantel mais completo. Mas, mesmo assim, o triunfo neste campeonato foi possível fruto de uma consistência sólida, num caminho solidário entre a equipa técnica e a Presidência. Recorde-se que Pinto da Costa esteve sempre junto da equipa nas manhãs frescas do Olival e aí enforma-se a solidez de um propósito.

A pedagogia conotada neste campeonato é paradigmática. Em tempos advertia os meus amigos benfiquistas com a célebre fábula em que um cão traz a presa já na boca e que, vendo um reflexo na ribeira, almeja a presa imaginada na água perdendo tudo o que tinha. Vi no Benfica-Estoril uma enorme coreografia onde se podia ler "Benfica Campeão"...e eis que nada é adquirido sem trabalho. O inêxito dos sonhos é a realidade das frustrações.

Voltando ao meu Porto, resta-me apenas deixar o meu desejo de associar muitos afixos a um clube campeão invicto em duas temporadas. Somos duoinvictos e Multicampeões em várias modalidades.

 

Saudações Portistas, Invictas e Tricampeãs!!!!!!!!!

 

Hélder Rodrigues

18
Mai13

Carta Aberta aos Jogadores do FCP

helderrod

Caros Atletas,

 

Volvidos infindáveis minutos, incontáveis remates à baliza, notáveis defesas e acima de tudo o orgulho permanente em vestirem essa camisola, chegou a hora. Chegou a hora de provar ao país e ao Mundo de que, mais do que as palavras são os actos que contam. Mais do que parecê-lo é preciso sê-lo! É exactamente isso que nos somos: uma equipa plena de ambições, de conquistas, de muitas glórias, mas acima de tudo uma equipa humilde. Um conjunto de jogadores que só festeja quando a vitória é inquivocamente nossa, sem "ses" ou "talvez", sem a histeria dos que tanto querem e nada alcançam. Este é o meu Porto. O Porto que nasceu comigo em 1978 (campeão após anos de espera). Foi preciso saber esperar, saber sofrer e saber ganhar. Isso poderá ser o resumo do jogo de amanhã, com a certeza de que tudo irão fazer para trazer para o nosso reduto mais um título fabuloso e transformar a utopia que muitos nos quiseram impor na realidade da grandeza de se vestir azul e branco campeão. Nós somos a tua voz e, por vós, já perdi a minha voz muitas vezes. Em 87, gritei muitas vezes e passei o resto do ano a marcar golos de calcanhar, fiz a minha primeira noitada para vos ver na neve a serem Campeões do Mundo! E assim cresci junto de vós. Porque vós sois uma lição de vida: a lição de que quando muito se quer, mesmo que poucos acreditem, estamos sempre lá para vencermos! Orgulho-me muito de todos vós, desde o roupeiro ao Presidente, porque sei que todos pugnam pela minha felicidade! Tenho duas filhas lindas e ambas já vos têm no coração, acima de tudo, por saberem que vós sois a razão de muitas alegrias.

Por isso, muita força! E aconteça o que acontecer somos PORTO!

 

Um abraço,

Hélder Rodrigues!

28
Abr13

ZERO

joaopaulo74

Nem mais!

Isso mesmo - é mesmo o número de grandes penalidades defendidas por Helton nesta liga.

E, podia ser, mas não é - uma questão de sorte ou de azar ou até de competências singulares, quem sabe até de alguma ligação com o Demo.

O Helton ainda não defendeu nenhum porque ainda não foi marcado qualquer penalti contra, o que, entendo agora, está na matriz das queixas do Dínamo da BCI, por via do Bitó, aos árbitros.

Querem ter a possibilidade de vender o Helton por uns milhões e para isso precisam de meter no youtube o tipo a defender um penalti. Estou certo que é só e apenas isso.

E, queria, até por isso destacar a visão do Bitó, que se atirou ao Capela, numa brilhante jogada de antecipação porque não queria perder tempo na conferência de imprensa de ontem - tinha que ir para casa rapidamente, ver a Carolina no BB. Assim, antecipa uma semana as críticas à apitagem e conseguiu chegar a tempo do momento em que ela conta como o Presidente foi avisado para fugir para Espanha.

Dito isto, continua em grande o campeonato Luso.

 

 

13
Abr13

Pequenas coisas

joaopaulo74

Taça pequena, clubes pequenos, um estádio às moscas e um jogo...pequeno. A conferência do mister? Pequena!

Em tempos, o Algarve era demasiado longe para os adeptos mais a norte - muda-se a final para Coimbra e o que acontece?

Pois, é para quem pode!

E, claro, por mim, continua a ser o Mister ideal para um clube pequeno - quem mais conseguiria fazer do Peseiro um vencedor?

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D